Yaremchuck com a cabeça no lugar certo mas também na crise militar com a Rússia

Roman Yaremchuk marcou o golo do empate, tirou a camisola e tinha por baixo uma mensagem. O avançado ucraniano quis apoiar o seu país, que enfrenta uma crise militar com a Rússia.

«A mensagem na camisola? Queria apoiar o meu país. Tenho pensado muito nisto (crise militar entre Ucrânia e a Rússia) e tenho medo do que está a acontecer. Quero apoiar um bocadinho o meu país. O clube está a apoiar-me, falou comigo e quis fazer de tudo para me ajudar. Agradeci, mas para já está tudo bem», explicou o avançado, em declarações à CNN Portugal.

Leave a Reply