CNN Portugal liga Bruno Paixão a um recebimento de dinheiro por parte do Benfica

Bruno Paixão, antigo árbitro de futebol, está a ser investigado por ser suspeito de receber dinheiro por serviços prestados ao Benfica através de uma empresa de consultadoria.

Segundo noticia a CNN Portugal, saíram 1, 9 milhões de euros das contas do Benfica para uma pequena empresa de consultadoria informática, valor que suscitou alerta por parte do sistema bancário por suspeita de branqueamento de capitais, acabando por dar origem ao chamado processo ‘Saco Azul’, desencadeado em setembro de 2018.

Feita uma perícia financeira às contas da empresa surgiu também o nome de Bruno Paixão, ficando a suspeita que a empresa terá sido o veículo para o Benfica efetuar pagamentos ao antigo árbitro. Bruno Paixão já desmentiu à CNN Portugal qualquer ligação ao Benfica, garantindo que todo o caso não passa de mera coincidência, pois prestou efetivamente serviços à empresa em causa, a Best for Business.

A Polícia Judiciária e o Ministério Público, contudo, suspeitam que há indícios de prática de corrupção desportiva, que poderá ter sérias consequências para o Benfica, ainda que não esteja ainda deduzida qualquer acusação. 

Entretanto, a TVI divulgou mais pormenores em torno da suposta ligação entre Bruno Paixão e o Benfica, apontando três jogos em que o antigo árbitro foi alvo de críticas por alegados erros a favor do clube encarnado.

O último dos quais remonta a 7 de abril de 2019, então com Bruno Paixão a desempenhar funções de videoárbitro. Diante do Feirense, os encarnados, já a perder por 0-1, sofreram o segundo golo, que viria a ser anulado por intervenção do VAR. No mesmo jogo, o Benfica viria a chegar ao empate através de penálti, validado também pelo VAR. Os encarnados, diga-se, viriam a vencer esse jogo por 4-1.

Bem antes, a 1 de fevereiro de 2014, o Benfica empatava a um golo com o Gil Vicente e um penálti assinalado por Bruno Paixão gerou muita polémica. Na época seguinte, a 9 de novembro de 2014, o árbitro esteve no Nacional-Benfica, que também deu polémica devido ao golo decisivo de Jonas.

Bruno Paixão, refira-se, terminou a carreira no final da época passada, em maio de 2021. Chegou à 1.ª Categoria em 1999 e tornou-se internacional em 2004.

Leave a Reply