Site icon TerceiroAnel.blog

Bruno Varela foi a voz do desânimo vimaranense na derrota frente à B SAD

Advertisements

Terminada a partida no Jamor, da qual o Vitória de Guimarães saiu derrotado, por 1-0, diante do lanterna vermelha Belenenses SAD, o guarda-redes Bruno Varela, que acabou o jogo com a braçadeira de capitão, mostrou-se desiludido.

«O resultado não foi obviamente aquele que buscávamos. Uma equipa que faz o jogo que fizemos no dérbi [triunfo sobre o SC Braga, em casa] e depois… não nos apresentámos da melhor forma. Fomos muito pouco intensos e quando não equiparámos a intensidade da equipa adversária não somos capazes de vencer», começou por analisar o guardião.

Sobre o rendimento da equipa, Bruno Varela admitiu que não está dentro dos parâmetros exigíveis: «Temos de ser melhores. Fizemos mais remates e tivemos mais ocasiões, mas mas não concretizámos. Temos de ser melhor no foco e estarmos ligados ao jogo.»

Quanto ao facto de a última vitória fora dos conquistadores remontar já à fase inicial da época, o guarda-redes concordou que o hiato é excessivo: «Sim, é muito tempo sem vencer fora de casa, sobretudo para uma equipa como a do Vitória, que luta sempre para ganhar jogue onde jogue.»

Relativamente aos adeptos vitorianos, uma vez mais em grande número no apoio à equipa, Bruno Varela não se esqueceu de agradecer e, humildemente, admitir que os protestos no final do encontro foram justificados: «Apesar da chuva, os nossos adeptos estiveram aqui, presentes, a apoiar-nos e temos de agradecer-lhes. Os protestos são legítimos, mas temos de saber lidar com as críticas. Eles têm razões para estar insatisfeitos, mas nós também estamos e agora há que levantar a cabeça e preparar o jogo com o Arouca para ganharmos.»

Exit mobile version