Benfica vence “sem espinhas” a Ovarense na Luz para a Liga Betclic

Benfica e Ovarense encararam-se este sábado, 12 de fevereiro, no Pavilhão Fidelidade. Numa partida relativa à 20.ª jornada da fase regular da Liga Betclic, triunfo justo das águias por 86-64.

Frente a frente, num desafio que é um clássico da modalidade, o 2.º classificado Benfica (30 pontos), e a Ovarense, no 4.º lugar da geral, com 27 pontos somados, pese os jogos em atraso das águias. Destaque também para o regresso de Diogo Gameiro às opções após ausência por lesão. 

Início de jogo e os primeiros dois pontos pertenceram aos forasteiros… ora, o Benfica reagiu imediatamente e saltou para a frente do marcador, cavando distâncias e vincando metas. Muito perto do meio do 1.º quarto o marcador registava um 15-6, obrigando o treinador João Tiago a pedir time out. Não resultou, e as águias mantiveram-se firmes, com o jogo coletivo a surtir efeito. Dez minutos decorridos e 26-15.

Basquetebol

Reatar e jogo algo incaracterístico, com as duas formações a cometerem vários erros e a marcarem poucos pontos, aliás, as águias precisaram de mais de 5 minutos para reencontrar o caminho do cesto(!), isto quando o adversário aproximara-se com perigo e fixara o marcador em 26-23. Autêntico apagão do Benfica neste 2.º quarto, com o intervalo a chegar com um score de 37-32.

Sub-16

Com as bancadas do Pavilhão Fidelidade bem compostas, com muitos adeptos do SL Benfica, o intervalo deste desafio ficou marcado pela homenagem aos Campeões Distritais de Sub-16 de basquetebol do Clube.

Basquetebol

Segunda metade a começar como terminara a primeira, o mesmo que dizer, com o Benfica algo desinspirado. Dois triplos consecutivos deram o abanão necessário, com as águias a soltarem-se e a dilatarem distâncias (50-36). A partir daqui, muito Benfica em quadra, com a eficácia, a agressividade, o acerto e as percentagens de lançamento a subirem. Posto isto, o marcador foi sintomático, e a fechar o 3.º quarto os encarnados venciam por 68-46, 22 pontos de diferença.

Basquetebol

Motivado pelo quarto anterior, o Benfica partiu para os dez derradeiros minutos com convicção e a colocar o seu jogo em quadra. Com uma larga vantagem, e muita qualidade, as águias voaram para uma exibição segura, gerindo pontos e consolidando o triunfo num convincente 86-64.

Segue-se uma paragem na prova, com o Benfica a tornar a entrar em quadra somente a 5 de março.

Nuno Ferreira

DECLARAÇÕES

Nuno Ferreira (treinador adjunto do Benfica): “Depois de uma derrota e de um jogo menos conseguido da nossa parte era importante vencermos, não só por ser em casa, mas para dar uma alma mais positiva à equipa. No global, penso que fizemos um jogo bem conseguido, principalmente na segunda parte, onde estivemos muito bem defensivamente e tivemos mais alegria a atacar. O segundo período foi a parte menos positiva do jogo, a equipa libertou-se depois na segunda metade e, nessa altura, jogámos ao nosso nível. Segue-se uma paragem, só temos jogo dia 5 de março, e vamos ter tempo e trabalhar para, de certeza, regressarmos mais fortes.”

Basquetebol
Benfica-Ovarense
86-64
Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica
Aaron Broussard, Frank Gaines, Travis Munnings, Arnette Hallman e Makram Ben Romdhane
Suplentes
Betinho, James Farr, José Silva, Eduardo Francisco, José Barbosa e Diogo Gameiro
1.º quarto2.º quarto3.º quarto4.º quarto
26-1537-3268-4686-64
Pontuadores do Benfica
Frank Gaines (21), Travis Munnings (13), Makram Ben Romdhane (12), Aaron Broussard (10), James Farr (10), José Silva (9), Arnette Hallman (5), José Barbosa (4) e Eduardo Francisco (2)

Leave a Reply