Andebol segue em frente na Taça de Portugal após bater fora o Póvoa AC

equipa de andebol do Benfica continua a sua caminhada na Taça de Portugal! As águias visitaram o Póvoa AC, em partida relativa aos oitavos de final, e, com foco no objetivo, venceram por 22-26, assegurando a passagem à próxima ronda da prova.

O Benfica entrou em quadra motivado a dar mais um passo na competição (após mais de um mês sem competir oficialmente), frente a um adversário que, como apontou Bélone Moreira na antevisão à partida, “tem crescido bastante” e contra o qual as águias não esperavam “qualquer tipo de facilidades”.

Início muito positivo para a turma de Chema Rodríguez na eliminatória. A impor o seu jogo, contrariando a defesa adversária, marcando e construindo, o Benfica manteve-se sempre no comando do marcador e ao intervalo levava seis golos de vantagem: 9-15.

Paulo Moreno

A vencer sem margem para “descansar”, as águias regressaram concentradas em cavar a distância levada para o intervalo, mas, paulatinamente, os anfitriões foram aproximando os números. De olhos postos no triunfo, os encarnados geriram o resultado e, no fim, cumpriram o objetivo: vitória por 22-26 e passagem aos quartos de final da Taça de Portugal.

Destaque para a estreia do ponta de 17 anosDiogo Campos, pela equipa A, ele que contribuiu para o fito do coletivo com um golo.

No dia 9 de fevereiroquarta-feira, às 20h00, o Benfica recebe a AA Avanca no Pavilhão n.º 2 da Luz em jogo da 16.ª jornada do Campeonato Nacional.

Gustavo Capdeville
Póvoa AC-Benfica
22-26
Pavilhão Municipal da Póvoa de Varzim
Formação inicial do Benfica
Gustavo Capdeville, Carlos Martins, Demis Grigoras, Lazar Kukic, Arnau García, Jonas Källman e Alexis Borges
Suplentes
Sergey Hernández, Bernardo Almeida, Petar Djordjic, Luciano Silva, Bélone Moreira, Francisco Pereira, Ole Rahmel, Paulo Moreno e Diogo Campos
Ao intervalo9-15
Marcadores do Benfica
Ole Rahmel (6), Paulo Moreno (4), Lazar Kukic (3), Demis Grigoras (3), Luciano Silva (3), Jonas Källman (2), Bélone Moreira (2), Carlos Martins (2) e Diogo Campos (1)

Leave a Reply