News Benfica apontou os graves erros de arbitragem em desfavor das águias

Na edição diária da newsletter News Benfica, o clube apontou alegados erros nas arbitragens em vários jogos na presente temporada:

«Somos os primeiros a ser exigentes com a equipa e seremos sempre os primeiros a exigir mais. Mas o atual contexto não nos deve inibir de denunciar o gritante prejuízo de que temos sido vítimas em função de más decisões de arbitragem. É demais!

1: A lista seguinte inclui lances em que houve erro grosseiro a nível técnico ocorridos em partidas nas quais não vencemos. A possibilidade de recurso ao VAR agrava a ocorrência destes erros.

10.ª jornada: Estoril 1-1 Benfica – Gonçalo Ramos, aos 90′, foi empurrado pelas costas e de seguida o infrator fez o golo do Estoril;

16.ª jornada: FC Porto 3-1 Benfica – Aos 34′, Fábio Vieira joga a bola com o braço e de seguida faz o primeiro golo do FC Porto;

18.ª jornada: Benfica 1-1 Moreirense – O golo do Moreirense, aos 62′, foi obtido com fora de jogo de Rafael Martins, que participa na jogada;

20.ª jornada: Benfica 1-2 Gil Vicente – Golo anulado ao Benfica sem qualquer razão aos 7′ e penálti por assinalar contra o Gil Vicente aos 42′ (falta sobre Otamendi).

2: Não há justificação possível para a ocorrência de tantos erros evidentes. Estamos bem cientes do desempenho abaixo das expectativas da nossa equipa de futebol, e o Presidente Rui Costa é o primeiro a assumi-lo, mas, que saibamos, não cabe à arbitragem acentuar os nossos problemas (ou de qualquer outro clube).

3: Que fique claro: repudiamos eventuais benefícios, não é o que pretendemos. Pedimos somente respeito, sabendo que o erro fará sempre parte do jogo e que a tarefa de arbitrar um jogo de futebol é complicada. Não nos parece normal, no entanto, a sucessão inaceitável de erros em prejuízo do Sport Lisboa e Benfica.

4: Hoje há jogo da Equipa B no Benfica Campus, às 18h00. O adversário é o Casa Pia, colíder, a par do Benfica, da II Liga. Perspetiva-se um grande jogo neste final da tarde, em mais uma etapa do processo formativo dos nossos jovens jogadores. A classificação é o menos importante no contexto da evolução dos atletas, mas o lema ‘formar a ganhar’ é implementado desde cedo na nossa Formação. Vamos ao Seixal apoiar a nossa equipa!»

Leave a Reply