Nélson Veríssimo analisou a derrota com o Gil Vicente e questionou existência do VAR

Na conferência de imprensa após a derrota (1-2) com o Gil Vicente, na Luz, Nélson Veríssimo reconheceu o mau momento da equipa mas deixou críticas à equipa de arbitragem, nomeadamente o golo anulado ao Benfica por falta de Jan Vertonghen logo aos cinco minutos.

«Reconheço que não estivemos tão bem, é isso que fica. A equipa não esteve ao nível que era desejado, o Benfica tem qualidade para fazer muito mais, houve falta de dinâmica em muitos momentos e é minha responsabilidade. O Gil Vicente ganhou, isso não está em questão, mas é difícil explicarem-me como é que se anula o nosso golo quando há VAR. Olhando para trás, para os jogos desde que entrei, houve outros momentos. Ninguém entende, tivemos uma entrada forte, traduzida nesse golo, que daria outra tranquilidade à equipa. É difícil para mim e para os jogadores percebermos porque não se deixou levar o lance até ao fim», atirou o treinador das águias.

O desaire (1-2) diante do Gil Vicente mereceu a análise de Nélson Veríssimo, com o treinador do Benfica a garantir que tudo fará para inverter o rumo dos acontecimentos e a maré de maus resultados das águias.

«Temos de compreender a insatisfação dos sócios e adeptos e aceitá-la. Não estamos num bom momento e temos de ter a capacidade para dar a volta e sentimos que há margem para esta equipa crescer. Eu já andei lá dentro e sei que, durante a época, há situações que fazem com que pareça que a bola queima porque os resultados não aparecem. A tranquilidade de que precisamos só chegará com vitórias, sei que temos uma tarefa difícil mas aliciante e eu nunca fui de virar a cara a luta. Estamos aqui para isso», garantiu.

Leave a Reply