Benfica alcança a final da Taça da Liga com triunfo nos penaltis sobre o Boavista

O Benfica está na final da Taça da Liga, após ter vencido o Boavista no desempate por penáltis (3-2), depois do 1-1 que se registou no final dos 90 minutos (a Final Four não tem prolongamento, recorde-se).

A equipa encarnada adiantou-se por Everton (16’), na sequência de um erro de Nathan e até poderia ter ampliado o resultado antes do intervalo, mas o mesmo Everton desperdiçou grande ocasião (39’).

Apesar da vantagem, as águias nunca convenceram e na segunda parte o Boavista, que soube reagir e foi sempre mais rematador (15/8 no final), chegou ao empate por Gustavo Sauer na conversão de um penálti infantil cometido por Morato sobre Musa (53’).

A partir daí houve quase sempre mais Boavista, perante um Benfica intranquilo e assobiado pelos seus adeptos, e valeu Vlachodimos a salvar as águias em pelo menos duas ocasiões, ainda que Pizzi também tivesse estado perto de decidir para as águias num remate, já perto do fim, defendido por Bracali.

No desempate por penáltis assistiu-se a um festival de falhanços: três do Boavista – Seba Pérez, Musa (defesa de Vlachodimos) e Jeriel Santis – e dois do Benfica – Pizzi e Vertonghen -, valendo as conversões de Grimaldo, Meité e Weigl contra as de Abascal e Hamache.

O adversário do Benfica, no sábado, dia 29, em Leiria, será o vencedor do encontro entre o Sporting e o Santa Clara, esta quarta-feira. Os encarnados tentam conquistar a prova pela 8.ª vez.

Leave a Reply