Tiro de Tiago Gouveia devolve liderança isolada ao Benfica B

Na força do coletivo esteve a maior virtude do Benfica B na receção ao Penafiel na 19.ª jornada da Liga 2. O líder da prova arrancou para a vitória por 1-0 na segunda parte do desafio disputado no Benfica Campus ao final da tarde deste domingo, 23 de janeiro.

Se a primeira parte do jogo foi fria, rareando as oportunidades de golo, a segunda metade da partida teve mais velocidade na execução dos ataques, viram-se mais desequilíbrios nas imediações das duas balizas e houve momentos espetaculares.

Num ataque rápido cortante, o Benfica B saltou para a dianteira do marcador aos 65′. Tiago Gouveia, a passe de Umaro Embaló, acelerou descaído para a faixa esquerda, puxou a bola ligeiramente para dentro e disparou junto ao poste mais distante, assinando um golaço (1-0). Para ver e rever!

Benfica B

Com mais iniciativa e a ser mais ameaçador na procura das redes, o conjunto benfiquista armou uma bonita jogada aos 82′ com Tiago Gouveia a desmarcar Umaro Embaló. O extremo rasgou a linha defensiva penafidelense, passou a bola por cima do guarda-redes, mas depois apareceu o central Lucas a impedir o golo.

O 2-0 voltou a ser perspetivado ao minuto 83, mas o guarda-redes Caio Secco susteve a bola rematada por Cher Ndour à entrada da área.

Na fase final do desafio, Svilar mostrou competência na guarda da baliza do Benfica B, primeiro a parar uma finalização de Édi Semedo (88′), depois a deter um remate de Ronaldo Tavares (90’+1′).

Em tempo de compensação, registo para a estreia de Luís Semedo na Liga 2 pela Equipa B (rendeu Luís Lopes aos 90’+4′).

António Oliveira

DECLARAÇÕES

António Oliveira (treinador do Benfica B): “Um jogo difícil, como são todos dentro deste contexto competitivo onde estamos inseridos. A vitória assenta-nos bem, foi uma vitória da organização. Ajustámo-nos ao longo do jogo de acordo com as nuances que o adversário nos ia colocando, com jogadores de qualidade e bem orientado. Conseguimos o objetivo que nos trouxe até aqui, que era ganhar o jogo. Mais um jogo consecutivo sem sofrer golos, o que apraz relativamente à consistência defensiva que a equipa começa a ter, porque em termos ofensivos continua a criar, tem jogadores velozes, criativos, com dinâmicas próprias do 4x3x3. Uma vitória dos jogadores, mais uma vez. Muito orgulho no que é o trabalho, porque eles refletem a maneira como treinam, começam a ganhar a maturidade necessária e estão a tornar-se uma boa equipa de futebol recheada de grandes talentos.”

Tiago Gouveia

Tiago Gouveia (extremo do Benfica B, “Homem do Jogo”): “Este foi um jogo onde a equipa sobressaiu. Fui eu que marquei o golo, mas podia ter sido qualquer um. Ficou bem demonstrado por nós que esta vitória não foi só minha, foi de toda a equipa, do início ao fim. Um jogo difícil, perante uma boa equipa. Na primeira parte tivemos algumas dificuldades, ajustámos ao intervalo e conseguimos criar mais oportunidades de golo. Foi uma vitória justa. Só uma verdadeira equipa conseguiria ganhar este jogo.”

Pedro Ganchas (defesa-central do Benfica B): “Na segunda parte corrigimos o que havia a corrigir, chegámos ao golo e conseguimos o mais importante. Foi um jogo muito equilibrado, as equipas respeitaram-se muito, na primeira parte houve poucas situações de golo, mas na segunda parte trouxemos mais intensidade ao jogo, começámos a carregar e conseguimos chegar ao golo.”

Onze do Benfica B
Benfica B-Penafiel
1-0
Benfica Campus (Campo n.º 1)
Onze do Benfica B
Svilar, Fábio Baptista, Miguel Nóbrega, Pedro Ganchas, Sandro Cruz (Rafael Rodrigues, 90’+4′), Rafael Brito, Cher Ndour, Martim Neto (Diogo Capitão, 70′), Umaro Embaló, Tiago Gouveia (Henrique Pereira, 89′) e Luís Lopes (Luís Semedo, 90’+4′)
Suplentes
Carlos Santos, João Tomé, António Silva, Rafael Rodrigues (90’+4′), Diogo Capitão (70′), Ronaldo Camará, Jair Tavares, Henrique Pereira (89′) e Luís Semedo (90’+4′)
Ao intervalo0-0
Golo do Benfica B
Tiago Gouveia (65′)
Boletim clínico
Filipe Cruz (lesão muscular na coxa esquerda); Samuel Soares (status pós-cirúrgico de fratura num dedo da mão direita); João Resende (status pós-infeção por COVID-19); João Neto (status pós-infeção por COVID-19)

Leave a Reply