Plantel para emagrecer este mês e já há nomes em cima da mesa

O Benfica quer emagrecer o plantel nesta janela de transferências e Nélson Veríssimo assumiu, ontem, na antevisão da deslocação a Arouca, que pode perder jogadores a qualquer instante.

O extremo sérvio Radonjic, de 25 anos, é considerado excendentário no atual contexto, mas o empréstimo firmado com o Marselha não prevê a interrupção do mesmo. O Marselha também não quer Radonjic de volta nesta altura e terá de ser o jogador a encontrar nesta janela novo emblema ao qual possa ser emprestado.

O central Ferro quer jogar e pouco espaço terá esta época na Luz para o fazer. Há luz verde para ser cedido nesta janela, mas não deixará a Luz antes de ser decidida a Taça da Liga, uma vez que a ausência de Otamendi da final four devido aos compromissos da seleção da Argentina a isso obriga.

O médio Gedson dificilmente permanecerá na Luz para além de janeiro e a saída para a Turquia ainda poderá ser realidade apesar da saída de Fatih Terim do comando técnico do Galatasaray. O clube ainda tem Gedson debaixo de olho e a decisão está agora nas mãos do espanhol Domènec Torrent.

O médio marroquino Taarabt é outro dos jogadores que o Benfica está disposto a deixar partir neste mercado de inverno… e em definitivo. As águias aceitam libertar Taarabt por valores à volta dos cinco milhões de euros, há sondagens mas aguardam a chegada de propostas concretas.

Outro dos nomes que o Benfica está disposto a negociar é o de Seferovic, que tem vínculo até 2024, depois de ter visto o mesmo estendido por mais duas épocas em 2019. Seja já, ou no final da época, as águias estão recetivas a propostas pelo suíço, que tem um sonho: a Premier League.

Leave a Reply