Triunfo difícil no reduto do Torreense para a Liga BPI

Na 3.ª jornada da fase de apuramento de campeão da Liga BPI, a equipa feminina de futebol do Benfica, na luta pela revalidação do título, deslocou-se ao terreno do Torreense e venceu por 0-2.

Muitos lances na intermediária disputados energicamente de parte a parte, prevalência das qualidades defensivas dos antagonistas e raras oportunidades de golo. Assim foi o primeiro tempo desta partida… até que o Benfica abriu as portas do laboratório para inaugurar o marcador! Num livre sobre a faixa direita do ataque (43′), Lúcia Alves bateu a bola para a entrada da pequena área, a guarda-redes contrária não foi conclusiva na tentativa de interceção e Pauleta, num gesto técnico intencional, cabeceou com convicção para o interior da baliza da equipa de Torres Vedras (0-1).

No segundo tempo do encontro as equipas foram mais vivas nos últimos 20 metros do relvado (sintético) do Parque Desportivo Maximino Santos, e o Torreense, a arriscar nas zonas de finalização, criou dificuldades à guarda-redes Letícia Silva e à organização defensiva das Inspiradoras, que souberam retorquir.

As contas quanto à atribuição dos três pontos neste jogo ficariam resolvidas à passagem do minuto 85. Lançadas na etapa complementar, Francisca Nazareth fez a assistência e Marta Cintra, num remate colocado, já dentro da área, disparou para o 0-2.

Nota ainda para a estreia da avançada sueca Cassandra Korhonen (rendeu Cloé Lacasse aos 90′), que aos 90’+4′ dispôs de uma oportunidade para faturar, mas errou o alvo.

Na próxima quarta-feira, 19 de janeiro, o Benfica recebe o Braga em jogo em atraso da 2.ª jornada. A partida, com início marcado para as 14h00, será disputada no Campo n.º 1 do Benfica Campus.

Equipa feminina de futebol do Benfica

DECLARAÇÕES

André Vale (elemento da equipa técnica do Benfica): “Sabíamos que o Torreense é uma equipa muito competente no momento defensivo e depois na transição ofensiva. Isso revelou-se muito na primeira parte, tivemos dificuldades em chegar com objetividade e com qualidade à baliza adversária. Conseguimos desbloquear o jogo através de uma bola parada. Mesmo a perder por 0-1, o Torreense manteve a postura de ir atrás do jogo apenas nas transições e, na segunda parte, com marcações individuais em todo o campo, causou-nos mais dificuldades. Nós, atrás do segundo golo, a tentar colocar muita gente na frente para conseguirmos fazê-lo o mais rápido possível. Acreditamos que o Torreense quebrou um bocadinho, fizemos o 0-2 e o jogo ficou mais leve, acalmámo-nos mentalmente e tivemos mais bola.”

Marta Cintra (avançada do Benfica): “Não conseguimos jogar tão bem na primeira parte, a bola salta muito nestes relvados [sintéticos], mas saímos daqui com o resultado que queríamos.”

Equipa feminina de futebol do Benfica
Torreense-Benfica
0-2
Parque Desportivo Maximino Santos
Onze do Benfica
Letícia Silva, Catarina Amado, Sílvia Rebelo, Carole Costa, Lúcia Alves, Andreia Faria (Marta Cintra, 75′), Pauleta, Beatriz Cameirão (Maria Negrão, 90′), Ana Vitória, Cloé Lacasse (Cassandra Korhonen, 90′) e Valéria Cantuário (Francisca Nazareth, 58′)
Suplentes
 Carolina Vilão, Ana Seiça, Lara Pintassilgo, Maria Negrão (90′), Marta Cintra (75′), Francisca Nazareth (58′) e Cassandra Korhonen (90′)
Ao intervalo0-1
Golos do Benfica
Pauleta (43′), Marta Cintra (85′)

Leave a Reply