Estrutura do futebol encarnado vai discutir ataque ao mercado de inverno

Jorge Jesus saiu e a equipa do Benfica, com o novo treinador, Nélson Veríssimo, deixa de jogar com três centrais e regressa a uma táctica com uma linha de quatro defesas, apenas dois defesas-centrais, pelo que deixa de ser tão urgente contratar mais um central, como estava definido para a janela de transferências deste mês na sequência da grave lesão de Lucas Veríssimo, que fez com que o defesa brasileiro terminasse mais cedo esta temporada – foi operado ao joelho direito.

Este é um dos temas mais atuais que a estrutura do futebol benfiquista vai discutir, nos próximos dias, com o novo treinador. A contratação de mais um central será um tema sempre em cima da mesa, faltando decidir se para já ou apenas no próximo verão.

Além desta questão dos centrais, nesta reunião poderá igualmente ser definida uma estratégia para eventuais negociações de saídas de alguns jogadores mais cobiçados, como são os exemplos de Darwin, Vlachodimos ou Grimaldo, sendo intenção da SAD não fragilizar o plantel.

Leave a Reply