Não está fácil “divórcio” entre Benfica e Alejandro Domínguez do comando do Hóquei em patins

No universo benfiquista, Jorge Jesus não é o único treinador com vínculo laboral, embora afastado das suas funções. Nas modalidades, um caso mais antigo parece continuar sem solução à vista e diz respeito ao hispano-argentino Alejandro Domínguez, destituído no final da última época do cargo de técnico da equipa sénior masculina de hóquei em patins, a um ano do final do contrato.

As partes continuam sem chegar a acordo para a rescisão laboral por mútuo acordo e os tribunais serão chamados a intervir na resolução do diferendo.

A menos que Benfica e treinador consigam chegar a um acordo amigável, serão os tribunais a dar um desfecho à saída extemporânea de Domínguez. Quando rumores apontavam para a partida do avançado argentino Carlos Nicolía, muitas vezes deixado de fora das opções técnicas, a escolha da liderança do Benfica mudou e recaiu no treinador com mais uma época prevista no contrato. O clube nunca anunciou a partida de Domínguez e demorou a anunciar o sucessor, Nuno Resende, na pré-época, com a Elite Cup à porta. Mas a nova era acabou consumada de forma oficial.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.