Benfica vence dérbi juvenil na recepção aos leões no Seixal

O dérbi de Juvenis aqueceu a manhã deste sábado, 18 de dezembro, no Benfica Campus! Na primeira parte do duelo, repleta de energia e de golos, desenhou-se a vitória do Benfica sobre o Sporting por 3-2, na 5.ª jornada da 2.ª fase do Campeonato Nacional (Série Sul).

Marcando posição no jogo, o Benfica faturou o 1-0 aos 17′ por intermédio de Rafael Luís, na cobrança de um pontapé de penálti pela falta sofrida por Kyanno Silva (15′). O Sporting empatou 1-1 aos 19′, com o toque final a pertencer a Vivaldo Semedo, mas o Glorioso ripostou aos 35′, com Francisco Machado a assistir (cruzamento na área), para o golo de João Rego (2-1).

Nova igualdade no resultado foi estabelecida aos 43′, num remate de Vivaldo Semedo na área (2-2), mas, mais uma vez, o Benfica voltou a apontar armas à baliza sportinguista. Sob o olhar do Presidente Rui Costa, presente nas bancadas do Campo n.º 1 do Benfica Campus, as jovens águias construíram o lance do 3-2 aos 44′. Kyanno Silva esticou o ataque pela direita e cruzou; o guarda-redes Guilherme Pires defendeu para a frente, a bola fez ricochete no corpo de Leonardo Barroso (autogolo) e rolou para o interior da baliza.

A partida continuou a ser disputada com muita intensidade no segundo tempo, mas houve menos oportunidades de golo. Destaque-se uma intervenção importante do guarda-redes do Benfica, Marcel Mendes, ao minuto 85, numa contribuição para o triunfo.

Este foi o último jogo da equipa comandada por Filipe Coelho no corrente ano civil. Os encarnados voltam a competir apenas em janeiro de 2022.

João Rego, equipa de Juvenis do Benfica
Benfica-Sporting
3-2
Benfica Campus (Campo n.º 1)
Onze do Benfica
Marcel Mendes, João Conceição, José Sampaio, Henrique Sá, Francisco Machado, Alamara Djabi, Kyanno Silva, Ussumane Djaló, João Rego, Rafael Luís e Ivan Lima
Suplentes
André Moreira, João Fonseca, Leandro Santos, Tiago Freitas, Miguel Constantinescu, Alfa Baldé e Jelani Trevisan
Ao intervalo3-2
Golos do Benfica
Rafael Luís (17′ gp), João Rego (35′), Leonardo Barroso (44′ pb)

Leave a Reply