Voleibol cede na Luz perante armada germânica do Berlin Recycling

Benfica recebeu o Berlin Recycling na tarde desta quarta-feira, 15 de dezembro, e perdeu por 1-3 no Pavilhão n.º 2 da Luz, em jogo referente à 2.ª jornada do grupo D da Liga dos Campeões de voleibol. Os campeões nacionais foram dignos vencidos, entregando-se com abnegação frente a uma formação alemã que demonstrou o seu poderio no bloco e serviço.

Os primeiros pontos do primeiro parcial foram repartidos pelas equipas, com a equipa alemã a disparar do 6-6 para o 6-9. Marcel Matz parou o jogo. O Berlin mostrou sempre a sua força no ataque à rede e manteve as distâncias em 9-13, sustentadas igualmente em serviços fortes e difíceis de contrariar.

Benfica-Berlin

Benfica tentou aproximar-se, melhorou no bloco, aumentou a agressividade das suas ações, mas o serviço nem sempre foi regular e os alemães foram consistentes, sobretudo com o seu bloco a funcionar em pleno, e os seis pontos de diferença no final do set, o 0-1, refletiram isso mesmo (19-25).

No segundo set os alemães começaram a perder por 2-1, mas seis pontos seguidos, colocando o resultado em 2-7, deixaram o Benfica sob pressão. O forte bloco alemão anulou a reação dos comandados de Marcel Matz, permitindo um domínio total dos forasteiros no parcial, que terminou com o 0-2 (16-25).

Benfica-Berlin

O Benfica procurou de novo a reação à desvantagem e deu uma imagem completamente diferente da sua valia. Melhorando o serviço, forçando o erro na receção contrária e na agressividade no ataque à rede, os comandados de Marcel Matz lideraram o parcial, chegaram mesmo a uma vantagem de 22-14 e venceram o set por 25-15 (1-2).

No 4.º set o Berlin voltou a manter a bitola dos primeiros dois parciais, aproveitando algumas falhas ofensivas do Benfica que ditaram uma desvantagem de quatro pontos (4-8), alargada até ao fecho do set e do encontro em 1-3 (19-25).

O Benfica volta a jogar no sábado, 18 de dezembro, às 18h00, frente ao SC Espinho, na Nave Desportiva de Espinho, em jogo da 2.ª jornada da Série A do Campeonato Nacional.

Lucas França

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Foi um início muito forte do adversário. São um grupo com muita qualidade, mesmo sem fazerem muitas trocas de jogadores, uma vez que têm um número de opções mais reduzido em relação ao nosso grupo. Começámos o terceiro set melhor, pressionámos o adversário e ganhámos bem, com uma boa intensidade e com a ajuda dos adeptos, mas eles voltaram depois melhor no quarto set e acabaram por vencer o jogo.”

Lucas França (central do Benfica): “Sabíamos da potência do adversário. Entrámos a acreditar no nosso plano, mas o Berlin colocou uma velocidade muito alta no jogo. Estivemos dois sets muito abaixo, conseguimos vencer o terceiro, pensámos que poderíamos ganhar o quarto, mas o Berlin jogou muito bem. Demos o nosso máximo, vamos continuar a trabalhar.”

Benfica-Berlin
Benfica-Berlin Recycling
1-3
Pavilhão n.º 2 da Luz
Formação inicial do Benfica
Tiago Violas, Peter Wohlfi, Zelão, Hugo Gaspar, Rapha, André Lopes e Ivo Casas (L)
Suplentes
Japa, Bernardo Westermann, Lucas França, Eduardo Brito, Bernardo Silva (L), Pablo Natan e Aaro Nikula
1.º set2.º set3.º set4.º set
19-2516-2525-1519-25

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.