Jorge Jesus: “Parabéns aos jogadores do Benfica. Parece que foi um jogo fácil mas não foi”

Jorge Jesus fez, em conferência de Imprensa, a análise ao Famalicão-Benfica, desafio da 14.ª jornada da Liga Bwin. Num campo complicado, as águias tornaram o difícil num triunfo claro por 1-4. “Objetivo cumprido”, vincou o míster, parabenizando a equipa.

O resultado de 1-4 faz com pareça que este foi um desafio fácil, mas, segundo Jorge Jesus, primeiro na zona de entrevistas rápidas, depois em conferência de Imprensa, não o foi e a equipa teve de trabalhar muito para somar os três pontos, o grande objetivo traçado à partida. A entrada forte em ambas as partes, a conversa ao intervalo com os jogadores e as substituições efetuadas foram fulcrais. Tempo ainda para uma análise ao Campeonato, ao momento da equipa e elogios ao coletivo…

Famalicao-Benfica

Análise a um jogo que o Benfica soube tornar fácil

“Parabéns à equipa do Benfica. O objetivo era somar três pontos aqui e o objetivo foi conseguido, num campo em que os nossos rivais tiveram dificuldades. Sabíamos, à partida, que iria ser um jogo disputado, frente a uma equipa criativa, principalmente nos jogadores que jogam entre linhas e abertos. Entrámos forte na primeira parte e também na segunda. A surpresa, as alterações táticas na segunda parte confundiram a equipa do Famalicão. Fizemos o 1-3 com muita categoria, numa jogada muito bem engenhada coletivamente e muito bem concretizada individualmente pelo Rafa. O grande objetivo era vencer aqui, era difícil, e os resultados dos nossos rivais mostram-no. O Famalicão tem bons jogadores, a sua atual classificação não representa a qualidade da equipa. Com os golos, fomos ficando mais tranquilos e mais fortes, já o Famalicão foi perdendo força psicológica e força no pensamento de que poderia equilibrar o jogo. Os jogadores do Benfica estão de parabéns.”

Taarabt

A conversa ao intervalo e as substituições

“Estava muito fácil entrar no nosso corredor esquerdo, bem como no corredor central, estávamos a perder a superioridade. O Rafa não é um jogador que defensivamente possa ajudar muito… Estava desejoso que chegasse o intervalo. Sabia que tinha de mudar. Se não conseguíssemos equilibrar íamos passar dificuldades e pôr-nos a jeito para não ganhar o jogo. Falei com a equipa e passei essa a ideia ao intervalo de como fazê-lo. O Adel [Taarabt] entrou muito bem no jogo, muito forte, é um jogador que tem características muito particulares. Os últimos três jogadores que coloquei em campo já não conseguiram manter a mesma qualidade de jogo, entraram fresquinhos, pensei que íamos fazer mais golos, mas não fizemos. O grande objetivo foi conquistado.”

Famalicao-Benfica

Parece fácil? “Não foi!”

“Parece que foi um jogo fácil, mas não foi. Notou-se, durante o jogo, em alguns jogadores que ainda estavam carregados do jogo com o Dínamo Kiev. Queiramos, ou não, o tempo de recuperação física e psicológica… quem tem a experiência de andar nisto, com vários jogos, sabe que é assim. Essa situação notou-se mais no João Mário, no Grimaldo e no Vertonghen. A ganhar 1-4, a equipa fica mais tranquila, faz uma posse de bola mais controlada, as decisões não são tão nervosas porque o resultado dá-lhe estabilidade emocional… É uma equipa mais experiente? É uma equipa mais forte! Foi uma vitória importante, neste momento andamos atrás dos nossos rivais, e todos os pontos são importantes.”

Famalicao-Benfica

Passo dado para um Campeonato mais equilibrado

“Este Campeonato é equilibrado! Acho que os três grandes estão mais fortes, as outras equipas também, mas Benfica, Sporting e FC Porto estão mais fortes que na época passada e todas deram um passo em frente. O jogo parece fácil, pelo resultado, mas não foi fácil. Não é fácil ganhar aqui. Agora, não há jogos iguais. O importante é somar vitórias, estamos atrás dos da frente, jogamos sobre uma pressão maior, mas a equipa está tranquila e muito forte, e vai melhorar, como tem vindo a fazer. Na quarta-feita temos mais uma decisão [na Taça da Liga]. É esse o nosso caminho, não temos outro.”

Famalicao-Benfica

É de vitórias que se vive

“As vitórias dão sempre alento. Nós, treinadores, equipas, vivemos com quê? Com vitórias. Se não se vive com vitórias está tudo errado. Agora, não é um jogo [derrota com o Sporting] que é a verdade. A verdade é um todo! Há coisas que fizemos mal e tentamos corrigir. Se não se sabe o que se fez mal quando não se ganha, assim não se melhora! A soma das partes é o mais importante!”

Rafa e Darwin

Darwin e Rafa “difíceis de parar”

“O Darwin é, neste momento, o artilheiro, mas falta muito Campeonato. Há muitos bons avançados no Campeonato e no futebol português. O Rafa e Darwim são jogadores muito rápidos, com muita velocidade de jogo e não é fácil pará-los. O Darwin esteve muito forte durante 80 minutos, depois já tinha alguma dificuldade física.”

Equipa do Benfica

Ataque posicional e contragolpe

“O ataque posicional e o contragolpe são dois momentos de jogo ofensivo. O Benfica é forte nos dois. Agora, face às características dos seus avançados, é uma equipa muito forte no contragolpe e muito difícil de parar quando tem espaço para o fazer. Mas também tem um ataque posicional muito forte, tem de melhorar mais, porque é o momento mais difícil do jogo.”

Jorge Jesus

Yaremchuk não convocado: a explicação

“O Yaremchuk saiu carregado muscularmente [do jogo com o Dínamo Kiev], não treinou durante a semana connosco, vai estar alguns dias fora e foi por isso que não foi convocado. Até quarta-feira pode ser que recupere para o jogo frente ao Covilhã, mas duvido.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.