Dérbi no Futsal feminino termina com triunfo encarnado fora de portas

Benfica continua invicto e líder no Campeonato Nacional feminino de futsal! No Pavilhão João Rocha, exibição sólida e tranquila das águias, que derrotaram o Sporting por 0-3, em jogo da 11.ª jornada da 1.ª fase da prova.

Em casa do Sporting, foi o Benfica, aos 2′, por intermédio de Inês Fernandes, a primeira equipa a investir com um remate forte, a que Cris se opôs bem.

Aos 11′, o 0-1 e o 0-2 no Pavilhão João Rocha. Raquel Santos deixou para Angélica Alves que, de costas para a baliza e de calcanharfez abanar as redes verdes e brancas. Espetáculo na quadra no 0-1! No mesmo minuto, Sara Ferreira trabalhou com Angélica Alves para esta rematar para o 0-2, resultado que se manteve até ao intervalo.

No segundo tempo, a equipa da casa procurou atenuar a diferença e foi a primeira a criar perigo. O Benfica, porém, continuou a evidenciar a ambição que o caracteriza, recuperou a bola, ripostou e fez o 0-3. Aos 22′, Sara Ferreira, assistida por Raquel Santos, com uma finalização tranquila, bateu Cris.

Aos 23′, aproveitando algumas falhas na defesa do Benfica, o Sporting quase marcou. Foi a primeira ameaça à baliza do Glorioso. Novamente uma sólida intervenção de Ana Catarina, aos 33′, a negar o golo a Débora Queiroz num lance de grande perigo. A guarda-redes encarnada acabou por sair lesionada, sendo substituída por Marta Costa.

jogo manteve-se disputado, com as campeãs nacionais a controlarem as operações. No final, 0-3 para o Benfica. Com este resultado, a equipa comandada por Pedro Henriques reafirma a liderança do Campeonato Nacional, com 31 pontos.

No jogo da próxima jornada, agendado para as 15h00 do dia 12 de dezembro (domingo), o Benfica recebe o FC Águias Santa Marta, no Pavilhão n.º 2 da Luz.

Pedro Henriques

DECLARAÇÕES

Pedro Henriques (treinador do Benfica): “Estamos num ciclo de muitos jogos. Demos uma boa resposta num campo sempre difícil, não sofrendo golos, com um bom adversário. Estivemos bem durante todo o jogo, claro que houve períodos com mérito da equipa adversária, que nos criou alguma dificuldade, mas sempre com as coisas controladas. O negativo foi que perdemos duas atletas, duas lesões, vamos avaliar e no domingo temos já outro jogo. Esta equipa está preparada para estes palcos e queremos continuar a crescer.”

Angélica Alves (pivô do Benfica): “Consegui gerir bem as emoções, porque confio plenamente na minha equipa e nas minhas colegas. Apesar de não conseguir ajudar na segunda parte, confiei nelas e elas deram a resposta. É sempre bom marcar [dois] golos, são uma motivação extra, mas o mais importante é vencer todos os jogos e ajudar a equipa a vencer.”

Angélica Alves
Sporting-Benfica
0-3
Pavilhão João Rocha
Cinco inicial do Benfica
Ana Catarina, Sara Ferreira, Inês Fernandes, Raquel Santos e Angélica Alves
Suplentes
Marta Costa, Beatriz Carrola, Catarina Lopes, Leninha, Inês Matos, Dricas e Maria Pereira
Ao intervalo0-2
Marcadoras do Benfica
Angélica Alves (11′ e 11′) e Sara Ferreira (22′)

Leave a Reply