Benfica vence o dérbi na Luz na 12ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional

Benfica e Sporting discutiram, nesta noite de quinta-feira, no Pavilhão Fidelidade, o dérbi da 12.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins. Triunfo justo para as águias, num encontro manchado pela arbitragem

Noite de dérbi, o primeiro de hóquei em patins masculino nesta época! Com dez pontos a separar as equipas (Sporting, em 2.º lugar, com um jogo a mais e 28 pontos somados), o Benfica tem vindo a fazer uma caminhada de recuperação, sendo que nas 10 jornadas disputadas a equipa encarnada regista seis vitórias e quatro derrotas, tendo ganho os três últimos jogos da competição nacional (18 pontos averbados, no 7.º lugar).

Início de jogo pautado pelo equilíbrio, duas formações a mostrarem muito respeito entre si e algumas cautelas, com ambas a apostarem no ataque pela certa, tornando este um desafio muito tático e com poucos rasgos.

Dez minutos volvidos, muita intensidade, jogo veloz sem grandes paragens e quase sem tempo para se respirar… mas sem golos, apesar das oportunidades criadas em ambas as balizas!

Diogo Rafael, aos 15’, após enorme trabalho de Pol Manrubia, teve oportunidade soberana, mas Ângelo Girão impôs-se e negou o golo às águias.

Com o decorrer dos minutos, e sem desbloquear o marcador, as equipas mostraram-se mais impetuosas em quadra, aumentando e disputa e a espetacularidade a um dérbi onde já cheirava a golo…

Com 20’ jogados, livre a castigar o cartão azul de Romero após falta sobre Nicolía que se isolava, mas Lucas Ordoñez, no duelo com Girão, perdeu mais uma grande oportunidade. Em superioridade numérica, aos 23′, e numa jogada de enorme paciência, finalmente o golo dos encarnados, com Gonçalo Pinto a marcar (1-0), após assistência de Diogo Rafael.

Bola ao centro, o Sporting a carregar, contra-ataque rápido e Gonçalo Pinto recuperou a bola… Lucas Ordoñez, em zona central e de meia distância, acreditou e disparou para o 2-0, resultado com que se atingiu o intervalo.

Benfica-Sporting
4-3
Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica
Pedro Henriques, Edu Lamas, Lucas Ordoñez, Poka e Gonçalo Pinto 
Suplentes
Rodrigo Vieira, Diogo Rafael, Carlos Nicolía, José Miranda e Pol Manrubia 
Ao intervalo2-0
Golos do Benfica
Gonçalo Pinto (23′), Lucas Ordoñez (23′ e 48′) e Carlos Nicolía (33′)
Marcha do marcador
1-0, 2-0, 2-1, 3-1, 3-2, 3-3, 4-3

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.