Reforços desta época ainda por justificar investimento salvo uma excepção

Foram sete as caras novas que chegaram no verão ao Seixal para acrescentarem qualidade ao plantel de Jorge Jesus: Rodrigo Pinho, Gil Dias, João Mário, Souhailo Meité, Roman Yaremchuk, Nemanja Radonjic e Valentino Lázaro. Mas da teoria à prática a distância tem sido grande para a larga maioria deles e têm sido as próprias opções de Jorge Jesus a demarcar a fronteira entre os que vieram para somar e os que não têm conseguido muito mais, até agora, do que fazer número.

Espremidos os 25 jogos oficiais desta época, salta à vista que João Mário é caso único. Chegou, viu, venceu e é de longe o reforço mais utilizado esta época. Marcou presença em 92 por cento (23 em 25) dos jogos e foi titular em 77 por cento (20 em 25) dos mesmos, totalizando 80 por cento do total de minutos (2250) que podia ter somado. Taxa de utilização grande, adornada com dois golos e três assistências, às quais junta a influência na manobra ofensiva. Mas acaba por ser oásis no deserto.

Segundo reforço mais utilizado, o avançado ucraniano Roman Yaremchuk.

Leave a Reply