Luís Castro conta com um Bayern semelhante ao que foi goleado no Seixal

Nesta terça-feira, 2 de novembro, às 15h00, o SL Benfica mede forças com o Bayern Munique, na Alemanha, num desafio da 4.ª jornada do Grupo E da Youth League. Luís Castro e António Silva revelam como tem decorrido a preparação para este embate.

“Aquilo com que contamos é com um Bayern muito idêntico porque, desde o último jogo [derrota, por 4-0, ante as águias] até agora, eles não fizeram mais nenhum jogo na Youth League. Também observámos alguns jogos do campeonato deles, mas não estamos a contar com muita diferença“, assumiu o treinador.

Assim, o técnico explicou que “o jogo está a ser preparado mais ou menos dentro do mesmo“: “Sabemos que eles podem mudar uma coisa ou outra, mas isso já estava preparado para o jogo anterior e o desafio está a ser preparado muito na base do último porque o espaço é muito curto.”

Youth League

Ainda assim, Luís Castro enalteceu que será “um jogo complicado” e vincou que os seus comandados necessitam de dar tudo em campo. “Com o Bayern, entrámos como devíamos ter entrado, a 100%, e tem de ser assim outra vez porque o jogo vai começar 0-0,” atirou o líder da equipa técnica encarnada.

“É evidente que, depois do resultado que tivemos cá, eles [jogadores do Benfica] estão muito confiantes e isso pode ser mau se for confiança a mais. Eu acredito que eles sabem da importância, uma fase de grupos são muito poucos jogos e um pequeno deslize pode custar o apuramento. Eles estão preparados, são jogadores que estão habituados a jogos de alta competição, por isso sabem que os três pontos são fundamentais“, sublinhou ainda o treinador, relativamente ao foco dos seus atletas.

Youth League

António Silva frisou a “humildade” do grupo

“O Bayern de Munique tem sempre equipas muito fortes, olhamos com humildade e respeitamos sempre o adversário, mas nós somos o Benfica, vamos tentar assumir o jogo e conquistar os três pontos“, garantiu o defesa.

O jovem corroborou ainda o seu treinador ao afirmar que o conjunto tem “como a principal base o jogo do Bayern em casa” e ao rejeitar o excesso de confiança na equipa: “São resultados que moralizam muito, mas estamos com os pés bem assentes na terra. Sabemos que para passar este grupo temos de ser competentes neste jogo, acima de tudo crescer como equipa, conquistar os três pontos e, posteriormente, pensar mais à frente”.

“As coisas estão a correr bem, a equipa sente-se bem, estamos cada vez mais unidos e esperamos ganhar este jogo e passar a fase de grupos“, apontou António Silva, que, apesar das boas exibições, defendeu que “há sempre espaço para melhorar“.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.