Benfica B foi ao Mar e não perdeu o lugar de liderança após triunfo sobre o Leixões

Deslocação vitoriosa do Benfica B a Matosinhos, onde, com uma reviravolta, contornou e venceu por 1-2 o experiente Leixões na 10.ª jornada da Liga 2. Um desfecho, na manhã deste sábado, 30 de outubro, que permite às jovens águias manterem-se na liderança da competição!

Jogo muito disputado no Estádio do Mar entre duas equipas com futebol positivo, sempre à procura da posse de bola e da baliza contrária. O Benfica B esteve perto de inaugurar o marcador ao minuto 6, quando Martim Neto foi servido na área e teve tempo e espaço para rematar. Do outro lado, o guarda-redes Beunardeau negou o golo.

A equipa da casa adiantou-se ao minuto 28 numa finalização de João Amorim no interior da área. O guarda-redes Samuel Soares calculou mal a saída da baliza e deu-se um choque com Wendel. Na sobra, o lateral-direito do Leixões atirou para as redes desertas (1-0). A formação de Matosinhos enviou ainda uma bola ao poste direito da baliza encarnada, num remate de Kiki, pela direita, aos 40′.

Na última aproximação à área leixonense antes do intervalo, o Benfica B igualou o resultado. Dando sequência a um livre assinalado na faixa direita do ataque, Umaro Embaló cruzou para a área, onde Tomás Araújo foi rei no duelo aéreo, cabeceando para o 1-1 aos 45’+2′.

Tomas Araújo

O Leixões mostrou-se agressivo nas manobras ofensivas no arranque do segundo tempo, um ímpeto que o Benfica B, com boa organização defensiva, foi capaz de suster e controlar.

A pouco e pouco, os comandados de Nélson Veríssimo equilibraram a compita e, no último período da partida, dispuseram de uma chance para faturar pela segunda vez. Ao minuto 86, Umaro Embaló chutou de pé esquerdo na área, mas o guardião contrário deteve o esférico a dois tempos.

Dois minutos volvidos (88′), o recém-entrado Luís Lopes, desmarcado na área pela esquerda a passe de Ronaldo Camará, controlou a bola, ganhou posição e concluiu de pé canhoto provocando uma explosão de alegria nas hostes benfiquistas. Estava feito o golo (1-2) da vitória do líder da Liga 2!

DECLARAÇÕES

Nélson Veríssimo

Nélson Veríssimo (treinador do Benfica B): “Foi o jogo que esperávamos frente a uma equipa muito competitiva, num campo difícil, com a massa adepta a puxar pela sua equipa. Sabíamos que seria um jogo extremamente complicado. Foi uma primeira parte com algum equilíbrio, mesmo em ocasiões de golo. Na segunda parte, é verdade que o Leixões teve mais situações de perigo perto da nossa baliza, mas também fomos eficazes nas oportunidades que tivemos. Este foi um daqueles jogos que nós sabíamos que em muitos momentos teríamos de manter uma coesão defensiva elevada, saber sofrer sem bola para depois, quando a recuperássemos, saber o que fazer nas saídas. Dar uma palavra de parabéns aos nossos jogadores, porque nunca deixaram de acreditar, mesmo em desvantagem. Com todas as circunstâncias do jogo, a qualidade da equipa adversária, a forma aguerrida como os jogadores do Leixões encaram os jogos, o público a puxar por eles… Foi uma resposta muito positiva da nossa equipa.”

Luís Lopes (avançado do Benfica B, “Homem do Jogo”): “Estou muito feliz pelo prémio, mas ainda mais feliz pela nossa vitória num campo difícil como este. O Leixões, em casa, é muito forte. Soubemos sofrer, estivemos a perder 1-0, mas fomos buscar forças, fomos eficazes e virámos o resultado. A palavra-chave da vitória foi ‘acreditar’. Acreditámos até ao fim e conseguimos dar a volta ao jogo.”

Tomás Araújo (defesa-central do Benfica B): “Foi uma grande vitória, num jogo muito disputado pelas duas equipas. Na primeira parte estivemos equilibrados com o Leixões, e na segunda metade eles estiveram por cima, mas soubemos gerir os tempos, controlar o jogo a defender, porque também faz parte, e no momento certo matámos o jogo.”

Leixões-Benfica B
Leixões-Benfica B
1-2
Estádio do Mar
Onze do Benfica B
Samuel Soares, Fábio Baptista, Tomás Araújo, Pedro Ganchas, Sandro Cruz, Rafael Brito (Miguel Nóbrega, 79′), Paulo Bernardo (Ronaldo Camará, 46′), Martim Neto (Cher Ndour, 84′), Umaro Embaló, Jair Tavares (Tiago Gouveia, 46′) e Henrique Araújo (Luís Lopes, 71′)
Suplentes
Leo Kokubo, Miguel Nóbrega (79′), Rafael Rodrigues, João Neto, Ronaldo Camará (46′), Tiago Gouveia (46′), Cher Ndour (84′), Henrique Pereira e Luís Lopes (71′)
Ao intervalo1-1
Golos do Benfica B
Tomás Araújo (45’+2′), Luís Lopes (88′)
Boletim clínico
Diogo Capitão (entorse no tornozelo esquerdo)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.