Rui Costa ilibado pelo TAD sobre castigo de 16 dias

O Tribubal Arbitral do Desporto (TAD) retirou o castigo de 16 dias que o Conselho de Disciplina aplicara a Rui Costa no dia 16 de maio de 2021, na sequência da expulsão do agora presidente do Benfica (na altura administrador) no clássico frente ao FC Porto que, a 6 desse mês, terminou empatado 1-1. Rui Costa foi expulso do banco, escrevendo o árbitro, Artur Soares Dias, escrito no relatório que o dirigente «entrou no terreno de jogo cerca de um metro, protestando de braços abertos e de forma efusiva a decisão do árbitro utilizando a expressão ´isto é segundo amarelo, car…´», reclamando a expulsão de Pepe.

O Benfica recorreu para o TAD, que decidiu agora anular o castigo aplicado pelo Conselho de Disciplina, com o argumento de não ter sido dada a Rui Costa a possibilidade de se defender sobre a expressão que Artur Soares Dias disse ter sido por ele proferida quando pediu que Pepe visse o segundo cartão amarelo.

Leave a Reply