Grimaldo acredita que Benfica vai jogar “de igual para igual” com o Barcelona

O Benfica recebe o Barcelona às 20h00 desta quarta-feira, dia 29 de setembro, no Estádio da Luz. Em conferência de Imprensa no Benfica Campus, Grimaldo lançou um confronto “especial”, garantindo a ambição de ganhar os três pontos pelas águias.

O lateral-esquerdo espanhol sublinhou o potencial do adversário, garantiu respeito pelo emblema onde se formou, mas também assegurou que o Benfica não teme e que vai ser uma partida “de igual para igual”.

Grimaldo

Este jogo torna-se ainda mais especial por já ter jogado no Barcelona. Como vai sentir a partida?

Sinto o Barcelona como casa, porque me criei lá, passei lá muitos anos e porque me ajudou a evoluir como jogador e pessoa. Vai ser uma partida mais especial, talvez por me ter formado ali, mas é uma partida da Champions, e uma partida deste nível é especial para mim e para todos os jogadores. Creio que todos queremos jogar este tipo de jogos. Não sei se vou marcar, mas, se o fizer, não celebro o golo. Estarei feliz e claro que quero ganhar, mas por respeito ao meu antigo clube não o celebraria.

Como é que o Benfica, que vive um bom momento, vai tentar contrariar a “fome” da geração de La Masia, que tenta criar um novo ciclo no Barcelona?

Nós sabemos que o Barcelona é uma equipa de topo, tanto os jogadores mais recentes como os mais experientes são de alto nível. Temos respeito por eles e sabemos que é uma equipa de topo, mas não temos medo e vamos jogar de igual para igual, para ganharmos os três pontos.

O Benfica só ganhou uma vez ao Barcelona, na década de 1960, quando se sagrou campeão europeu. Acredita que esta equipa fará história nesta quarta-feira?

História não se faz por ganhar a partida. A equipa vai sair para ganhar, mas não fazemos história por isso. Vamos fazê-la durante a época toda, e amanhã [quarta-feira] é para ganhar e sair de lá feliz.

Grimaldo

Este vai ser o jogo mais especial da sua carreira? Como analisa o momento do Barcelona?

Vai ser uma partida especial, mas a mais especial da minha carreira, não. Ganhei muitos títulos aqui e as mais especiais são aquelas em que ganhei os títulos pelo Benfica. A situação do Barcelona está a ser uma mudança de ciclo, mas mantém o alto nível e os bons jogadores, apesar da saída do melhor do mundo. Em cada posição tem jogadores de alto nível. No entanto, está claro que queremos ganhar os três pontos.

Deixa-o mais satisfeito jogar no sistema de três centrais e numa posição mais adiantada, em vez de numa linha de quatro, como aconteceu nas últimas temporadas?

Não. A verdade é que mudamos várias vezes o sistema e tanto podemos jogar com três como com quatro, é uma decisão do míster. Com três, sim, os laterais, na fase ofensiva, estão como extremos, mas no momento de defender temos de trabalhar com a linha defensiva. Trabalhar em ambos os sistemas e dar o máximo em todas as partidas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.