Duarte Gomes defende que Benfica foi beneficiado em dois lances capitais no jogo dos Açores

Duarte Gomes, especialista de arbitragem, analisou os lances principais do Santa Clara-Benfica deste sábado, a contar para a 5.ª jornada da Liga.

Rui Costa foi o juiz do encontro disputado no Estádio São Miguel, que terminou com uma vitória do Benfica por 5-0.

Para o antigo árbitro internacional português, o lance entre Vlachodimos e o avançado dos açorianos carece de dois erros claros. O erro técnico ao assinalar livre indirecto e não directo, pois há contacto entre os dois futebolistas, e o erro disciplinar. Para Duarte Gomes, e apesar do guardião ter tentado (e conseguido) chegar à bola, este usa força excessiva e Rui Costa teria de mostrar o cartão encarnado e não o amarelo que acabou por mostrar.

O segundo lance analisado por Duarte Domes foi um que ocorreu ainda e também com o resultado empatado a zeros. Diogo Gonçalves levanta o pé ao nível da cabeça do avançado Crysan, dentro da área encarnada, e chega tarde acertando na cabeça do avançado e não na bola. Aqui a análise vai de encontro à marcação de grande penalidade a favor do Santa Clara.

Em suma, ainda com 0-0 no marcador, o Benfica poderia ter ficado a jogar com menos um por expulsão de Odysseas Vlachodimos, e ser penalizado com uma uma grande penalidade, o que poderia ter colocado as águias a perder por 1-0 e a jogar reduzido a dez elementos.

Nuno Alexandre Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.