Jorge Jesus não poupa Otamendi nem Lucas Veríssimo para jogo nos Açores

Jorge Jesus fez a antevisão do Santa Clara-Benfica, jogo referente à 5.ª jornada da Liga Bwin, agendado para as 18h00 de Portugal Continental deste sábado, 11 de setembro. Em conferência de Imprensa no Benfica Campus, o técnico defendeu que o duelo “será difícil”, mas também contrapôs a confiança da equipa para somar os três pontos.

As dificuldades colocadas pelo entrelaçar dos calendários de seleções nacionais e clubes amplificam as preocupações do técnico Jorge Jesus, frente a um Santa Clara que representa um “difícil” oponente em vésperas do arranque da fase de grupos da Liga dos Campeões, em Kiev, perante do Dínamo, terça-feira, dia 14 de setembro.

Jorge Jesus

Que resposta espera do Benfica nos Açores, no regresso às competições, após o interregno de duas semanas para jogos das seleções nacionais?

É um jogo de dificuldade elevada. O Santa Clara fez um excelente campeonato na época passada, e nesta temporada começou muito bem a sua competição europeia. É uma equipa muito bem trabalhada técnica e taticamente. Sabemos que, como sempre, será um jogo difícil nos Açores, mas também nos preparámos muito bem, com metodologias diferenciadas, durante estas duas semanas de interregno. É um jogo difícil, mas também o encaramos com a confiança necessária para trazermos de lá os três pontos.

Lucas Veríssimo e Otamendi estão entre as suas opções para este jogo?

Eles jogaram nesta última madrugada pelas suas seleções, um mais cedo do que o outro. Pelo que já sabemos, são jogadores que em termos clínicos estão aptos. Ambos têm viagem marcada para os Açores.

Jorge Jesus

Este é um daqueles casos em que o treinador, na véspera do jogo, ainda não sabe com que estrutura tática vai entrar em campo? André Almeida é uma hipótese para alinhar num sistema com três centrais?

Só vou saber o estado físico dos jogadores quando falar com eles. Enquanto o Lucas Veríssimo não pode estar em Kiev [vai cumprir um jogo de castigo], o Otamendi pode… Isso é muito importante para eu ajuizar. Quanto ao André Almeida, ele poderia ser um dos jogadores a considerar, se tivesse treinado regularmente nestas duas semanas, mas teve um problema físico depois do jogo com o Tondela e esteve a trabalhar com limitação. Não vai estar na convocatória para os Açores. Já tenho 90 por cento da equipa na minha cabeça. Quando falar com Lucas Veríssimo e Otamendi, vou definir, porque nestas duas semanas também trabalhámos a equipa a pensar nas duas hipóteses.

O Benfica está 100 por cento vitorioso na Liga, e nesta jornada há um clássico entre os rivais… Isso torna este desafio com o Santa Clara ainda mais importante?

É um facto que dois dos nossos rivais jogam entre eles e não podem ganhar os dois. Temos um jogo difícil, e mais importante que o jogo deles é o nosso. É um jogo de exigência máxima e sabemos que temos de pensar em nós e não nos outros. Estou preocupado com a qualidade da equipa do Santa Clara, se o Villanueva vai jogar ou não (é da seleção da Venezuela), tal como o Morita (da seleção do Japão), jogadores que dão qualidade à equipa do Santa Clara.

Jorge Jesus

Fechou a janela de transferências. Está satisfeito com o plantel que tem à sua disposição?

Estou extremamente satisfeito com o plantel que tenho, já estava antes de um ou outro jogador ter entrado. Após fechar a janela de transferências, melhor ainda. Temos um plantel para fazer face a todos os jogos, trabalhamos em termos de dinâmica e estrutura da equipa para fazer face às necessidades que vamos ter nos Açores e na terça-feira em Kiev.

Valentino Lázaro é um dos novos jogadores. O que pode acrescentar? Falou igualmente da contratação de mais um defesa-central…

O Lázaro é um jogador que tem uma vantagem, faz lateral-direito e lateral-esquerdo. Numa estrutura de três defesas ainda faz melhor. Dá essa garantia, pelo valor e pela experiência que tem. Jogou em duas equipas [Borússia Mönchengladbach e Inter Milão] com uma estrutura assim nas últimas duas épocas. Por isso, conhece os caminhos que tem de fazer a defender e a atacar, mas ainda não conhece os caminhos da equipa. Quanto ao defesa-central, já falámos sobre isso, dessa hipótese. Falou-se do David Luiz, mas não vindo ele não viria mais nenhum, pois não queria. Ficámos com os que tínhamos. Temos o Ferro para preencher essa possibilidade.

jorge-jesus-1-new-thumbnail

Gedson é um dos médios do plantel para esta temporada. Prevê que possa ter oportunidades?

Acreditamos que tem potencial para crescer no Benfica. Joga numa posição onde temos João Mário e Taarabt e dá-nos garantias de ser uma opção para os muitos jogos que vamos ter. Tem vindo a crescer e acreditamos nele. O Gedson também preferiu ficar no Benfica porque sabe que vai crescer muito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.