Pandemia origina prejuízo em 2019/20 mas activo passa pela primeira vez os 500 milhões

A SAD do Benfica apresentou, esta quarta-feira, em comunicado enviado à CMVM, os resultados do exercício financeiro da temporada 2020/21, destacando-se o prejuízo de 17,4 milhões de euros, depois de em 2019/20 se ter registado um ganho de 41,7 milhões de euros. No documento, a SAD encarnada relembra as dificuldades originadas pela pandemia de Covid-19, com muitos jogos à porta fechada, para além de a equipa ter falhado o apuramento para a Liga dos Campeões. Também a retracção do mercado de transferências em contexto pandémico contribuiu para o resultado negativo neste exercício.

O activo está nesta altura cifrado em 523,3 milhões de euros, um aumento de 7,4 por cento face ao período homólogo e, pela primeira vez, passou da barreira dos 500 milhões de euros.

Já o passivo aumentou de 325,9 para 379,6 milhões de euros, registando-se uma subida de 16,5 por cento em relação ao exercício anterior, lembrando as águias o enorme investimento (cerca de €100M gastos em jogadores) feito em reforços para a equipa de Jorge Jesus. Os gastos com pessoal também subiram de 85,6 para 97 milhões de euros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.