Adel Taarabt e seleção de Marrocos vão ser evacuados da Guiné Conacri

Uma nova tentativa de golpe de Estado na Guiné Conacri obrigou seleção de Marrocos, na qual se encontra o benfiquista Adel Taarabt, a permanecer mesmo retida no hotel, onde se encontra instalada, na capital, Conacri.

Foram ouvidos disparos e as forças militares do país estão na rua, pelo que a realização do jogo referente à qualificação para o Mundial 2022 não se vai ealizar.

A seleção de futebol de Marrocos, grupo do qual faz parte o benfiquista Taarabt, está retida num hotel em Conacri, mas em segurança, depois de ter começado uma nova tentativa de golpe de estado na Guiné-Conacri onde, segunda-feira, deveria defrontar a seleção local, em jogo de qualificação para o Mundial 2022.

Em declarações à agência francesa AFP, Mohamed Makrouf, funcionário da Real Federação Marroquina de Futebol (FRMF), declarou estar já em marcha um plano de evacuação da seleção marroquina e todo o staff: «A equipa está segura e alojada num hotel que se localiza um pouco longe da zona de tensão. As autoridades marroquinas estão a trabalhar para evacuar a equipa hoje. Um avião já está no aeroporto para essa operação.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.