Assistências de Gonçalo Guedes e João Mário ajudam Ronaldo na cambalhota no resultado

Portugal venceu a República da Irlanda, por 2-1, na 4.ª jornada do grupo A de qualificação do Campeonato do Mundo de 2022. Rafa foi titular, João Mário entrou no decorrer do jogo e assistiu Cristiano Ronaldo para o golo decisivo. Já antes foi Gonçalo Guedes, formado no Benfica Campus, a fazer a assistência para o primeiro golo do 7 das quinas.

No lado direito da frente do ataque, Rafa tentou desequilibrar através da velocidade, mas também com triangulações com Cancelo e Bernardo Silva. O benfiquista alinhou nos primeiros 45 minutos do jogo e, segundo a plataforma Sofascore, logrou 89% de eficácia de passe (16 em 18) e dois dribles bem-sucedidos.

João Mário entrou aos 62′, destacou-se na eficácia de passe (89%) e pelos quatro passes-chave que fez para os colegas de equipa, um deles terminou mesmo no tento da vitória lusa.

No final do desafio, o médio-centro do Benfica falou na entrevista rápida: “Não há adversários fáceis, o míster alertou-nos para isso. Temos o melhor jogador do mundo e assim torna-se mais fácil. A equipa tentou, teve grande espírito. Esperávamos dificuldades, a equipa da Irlanda é muito física, mas realçar os três pontos. [Sobre o regresso à Seleção Nacional] Senti-me bem, estou feliz por estar de volta, é sempre bom e agora é continuar a trabalhar.”

Rafa

No Estádio Algarve, Portugal entrou forte, pressionou muito a Irlanda, teve mais bola, obrigando o opositor a sair em contra-ataque. A equipa das Quinas teve várias oportunidades clamorosas para chegar ao golo: aos 15′, Cristiano Ronaldo desperdiçou uma grande penalidade, permitindo a defesa a Banuzu; aos 28′, Diogo Jota cabeceou ao poste. Perto do intervalo, aos 45′, a Irlanda fez o 0-1. Pontapé de canto batido por McGrath e Egan, ao primeiro poste, antecipou-se a tudo e todos e cabeceou para o fundo das redes lusas.

Na etapa complementar, Portugal continuou a pressionar e a tentar encontrar espaços para chegar ao golo. Estes aconteceram aos 89′ e aos 90’+5′, ambos por Cristiano Ronaldo, que, assim, se tornou o melhor marcador de sempre de seleções, com 111 remates certeiros. Realçar que o tento da vitória surgiu através da assistência da águia João Mário.

Portugal joga frente ao Catar, a 4 de setembro, às 17h45, na Hungria, em encontro de preparação rumo ao Mundial de 2022.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.