Defesa do PSV considerou injusta a eliminação dos holandeses

André Ramalho, defesa-central brasileiro do PSV Eindhoven, mostrou-se extremamente desiludido com a eliminação da Liga dos Campeões, realçando que a equipa holandesa foi melhor no conjunto das duas mãos.

«Resultado não é justo, muito injusto mesmo. Fomos a melhor equipa nos dois jogos, mas o futebol decide-se com golos, e o Benfica fez mais. Tivemos dois momentos de desatenção no jogo da primeira volta. Podemos ficar orgulhosos do que fizemos. Demos tudo, faltou mais eficácia para marcar um golo. Não conseguimos, saímos de cabeça erguida, fomos a melhor equipa. Depois da expulsão faltou eficácia. Criámos muito, mas ficámos sempre no quase. O Benfica tem qualidade, o guarda-redes esteve muito bem. Não conseguimos ser eficazes junto à baliza. Se marcássemos, no prolongamento conseguíamos o segundo. Paciência, vamos olhar para a frente», disse Ramalho. 

Leave a Reply