Rui Vitória assume ter eliminatória complicada mas recusa baixar os braços

Rui Vitória não escondeu o desalento após a derrota diante do Benfica (0-2) na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. O treinador do Spartak Moscovo reconheceu que o golo sofrido aos 50’ acabou por ser decisivo.

«A primeira parte foi mais equilibrada. No segundo tempo não entrámos bem, cometemos erros, o Benfica apanhou-se a ganhar, tem qualidade e ficou favorável para eles. Quando sofres um golo aos cinco minutos da segunda parte acaba por quebrar um bocadinho essa determinação. Ao intervalo corrigimos um ou outro aspecto, mas era importante manter o zero na nossa baliza e esperar pela nossa oportunidade. O golo retirou-nos tranquilidade, mas faz parte deste crescimento que temos de fazer a nível internacional, jogar com equipas fortes para evoluirmos», explicou na entrevista rápida.

Apesar da desvantagem, Rui Vitória recusa baixar os braços.

«Está difícil e todos sabemos disso. Vamos disputar o jogo a Lisboa, sabendo que temos pela frente um adversário complicado. O facto dos dois golos não contarem como golos fora dá mais alento e somos profissionais, temos de acreditar», concluiu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.