Samaris foi a jogo ocultando estar ainda longe de recuperado

Andreas Samaris foi um dos protagonistas na partida de ontem, contra o Casa Pia, no Seixal, ao ver-se obrigado a recorrer a uma falta em plena grande área para travar a progressão de Banjaqui, após se revelar incapaz para acompanhar em velocidade o rival. O lance exemplifica as dificuldades que o internacional grego tem sentido neste arranque de temporada, na sequência da intervenção cirúrgica a que foi submetido em março a uma tendinopatia cálcica insercional do Aquiles direito.

A operação correu bem, mas a recuperação antecipava-se longa, com regresso previsto apenas para finais de agosto. Neste início de época, Samaris voltou ao Seixal após ter trabalhado com fisioterapeuta particular em Atenas garantindo estar recuperado e preparado para voltar aos treinos. E garantindo não mais sentir dores. Ainda assim, não tem conseguido fintar o problema e o incómodo que ainda sente ao colocar o pé direito no chão. Tem falhado vários treinos ao longo da semana, e nesta quinta-feira, dia em que apenas se realizou sessão de trabalho matinal, faltou ao treino e deslocou-se a Madrid à revelia das águias para ser observado pelo médio que o operou em março.

Terá recebido a indicação que não está ainda em condições para treinar-se sem problemas, ainda assim nada disse ao departamento médico dos encarnados.

Leave a Reply