Suspensão de Vieira pode ser sem retorno terminando mais de 17 anos de presidência

17 anos, oito meses e oito dias depois. Luís Filipe Ferreira Vieira anunciou ontem a suspensão «imediata» de funções e, embora o seu advogado, Magalhães e Silva, tenha destacado tratar-se de «uma suspensão, não de uma renúncia», a realidade é que muito dificilmente Vieira voltará a reunir condições para reassumir os cargos e funções de que ontem abdicou.

Atualmente com 72 anos, Luís Filipe Vieira entrou no Benfica em 2001, durante o mandato de Manuel Vilarinho, como assessor da SAD benfiquista. Precisou de poucos meses para que a transferência de Pedro Mantorras fosse um dos primeiros e mais sonantes negócios.

Dois anos depois, em 2003, tornou-se o 33.º presidente do Benfica com 91,74 por cento dos votos, superando Jaime Antunes (7,32 por cento) e Guerra Madaleno (0,7 por cento). «É a vitória do trabalho, da coragem e, sobretudo, da seriedade», disse nessa noite aos mais de mil adeptos que celebraram a sua vitória.

Foi o início de uma história que fez dele o presidente com mais tempo de mandato à frente do clube encarnado. 

Leave a Reply