Hóquei em patins feminino vence novo dérbi e garante final da Taça de Portugal

Jogo Benfica-Sporting, 9ª jornada da zona sul do campeonato nacional de hoquei feminino, realizado no Pavilhao da Luz.

A equipa feminina de hóquei em patins do Benfica assegurou a presença na final da Taça de Portugal após bater neste sábado, no Pavilhão da Ventosa do Bairro, na Mealhada, o Sporting, por 5-7. 

O muito calor que se fez sentir no recinto de jogo teve repercussões nas guarda-redes de ambos os emblemas, sendo Cláudia Vicente, do Sporting, teve mesmo de sair a meia da primeira parte. Ainda assim, em pista, o dérbi começou a todo o gás. No minuto inicial, Flor Felamini, com uma boa jogada individual em que passou por trás da baliza do Sporting, fez o 0-1 para o Benfica. Na resposta, aos 2′, Ana Catarina Ferreira disparou ao poste da baliza encarnada.  Aos 5′, 0-2 para as águias. Perda de bola do Sporting na saída para o ataque, Maria Sofia Silva recuperou e atirou para o golo. 

Aos 7′, a equipa de arbitragem assinalou grande penalidade para o Benfica. Rita Lopes empurrou Marlene Sousa na área. Chamada a marcar, Flor Felamini rematou ao lado e na recarga Maria Sofia Silva atirou o esférico por cima. Uma vez mais, na adversidade, as verdes e brancas a responderem. As irmãs Lopes, Rita e Rute, a saírem em transição, com a primeira a permitir a defesa a Maria Celeste Vieira. Logo de seguida, 1-2 para o Sporting, aos 8′. Arrancada de Rute Lopes, diagonal e tiro para o fundo das redes. Recuperação de sol de pouca dura. Aos 9′, Marlene Sousa bateu Cláudia Vicente e fez o 1-3

O Sporting tentava reagir, mas continuava a cometer erros individuais que as comandadas por Paulo Almeida aproveitavam. Aos 14′, Rute Lopes perdeu a bola na construção ofensiva e Marlene Sousa disparou para o 1-4. Aos 15′, grande penalidade para as leoas pelo facto de a bola ter batido no patim de Flor Felamini. Na marca, Ana Catarina Ferreira bateu Maria Celeste Vieira e fez o 2-4. O dérbi foi relançado aos 17′. Livre indireto para o Sporting, o esférico chegou a Ana Catarina Ferreira que surpreendeu a equipa do Benfica com um remate do meio da rua. 3-4 na Mealhada. O conjunto leonino cresceu com os golos e aos 21′ surgiu o empate (4-4). Contra-ataque de Sofia Moncóvio e Ana Catarina Ferreira, à boca da baliza, a desviar para os festejos. No Pavilhão Venteira do Bairro, o intervalo chegou com o dérbi empatado (4-4). 

Dérbi

O Benfica entrou praticamente a ganhar no segundo tempo. Aos 28′, Marlene Sousa, com um remate na área, praticamente de costas para a baliza, a fazer o 4-5. Volvidos dois minutos, aos 30′, chegou o 4-6 por Maria Sofia Silva após assistência de Marlene Sousa. Na frente, as águias temporizavam mais os ataques; as verdes e brancas tentavam levar perigo à baliza de Maria Celeste Vieira em saídas rápidas para o ataque. 

O jogo entrou num ritmo mais lento e com menos oportunidades de parte a parte até que, aos 45′, um lance de magia de Maria Sofia Silva permitiu ao Benfica chegar ao 4-7. Slalom da avançada, ultrapassou várias adversárias e endossou o esférico para Marlene Sousa fazer o póquer. Aos 48′, o Sporting, por Rute Lopes, a reduzir para 5-7 através de um remate de meia-distância. Até final, o resultado de 5-7 não mais se alterou. 

O Benfica vai disputar a final da Taça de Portugal com o Infante de Sagres, que bateu o CACO, domingo, às 12h00. 

DECLARAÇÕES

Paulo Almeida (treinador do Benfica): “As quatro equipas chegaram a esta final four com todo o mérito. Ainda não ganhámos a Taça de Portugal, só ganhámos a meia-final. Agora vamos preparar a equipa. Quando chegarmos ao hotel, as jogadoras vão fazer gelo. Foi uma grande partida de hóquei em patins, em que o Benfica foi superior durante 50 minutos. A ganharmos 1-4, distraímo-nos defensivamente, tentámos marcar o 5.º golo e sofremos. Temos de ter calma. O Sporting é uma grande equipa e fez golos. O Benfica venceu bem esta meia-final e estamos todos satisfeitos. O objetivo é ganhar a final e trazer a taça para o Museu Cosme Damião. Não estamos cansados de ganhar. Amanhã [domingo] vamos lutar para conquistar a Taça de Portugal.”

Maria Sofia Silva (avançada): “Sabíamos que esta meia-final ia ser um jogo muito difícil. Depois de termos ganho em casa [na final do Campeonato Nacional], sabíamos que o Sporting ia dar tudo para estar na final da Taça de Portugal. Nós também trabalhámos para isso, porque queremos estar nas finais. Entrámos bem na partida, estivemos bem até ao 4.º golo. Depois houve desconcentrações e o Sporting empatou. Estivemos sempre tranquilas, sabíamos que estávamos por cima.”

Dérbi
Sporting-Benfica
5-7
Pavilhão da Ventosa do Bairro
Cinco inicial do Benfica
Maria Celeste Vieira, Beatriz Figueiredo, Flor Felamini, Marlene Sousa e Maria Sofia Silva
Suplentes
Rita Albuquerque, Maca Ramos, Maria Inês Severino, Agustina Fernández e Catarina Pedro
Ao intervalo4-4
Golos do Benfica
 Flor Felamini (1′), Maria Sofia Silva (5′ e 30′), Marlene Sousa (9′, 14′, 28′ e 45′)
Marcha do marcador
 0-1, 0-2, 1-2, 1-3, 1-4, 2-4, 3-4, 4-4, 4-5, 4-6, 4-7 e 5-7

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.