Vieira pode ser preso preventivamente segundo o juiz conselheiro Rui Pereira

Luís Filipe Vieira vai ser ouvido esta quinta-feira no Tribunal Central de Investigação Criminal pelo juiz Carlos Alexandre e ficará a conhecer a medida de coação a que estará sujeito, que pode chegar a prisão preventiva, face ao comunicado do DCIAP, que refere «detenções com vista a acautelar a prova, evitar ausências de arguidos e a prevenir a consumação de atuações suspeitas em curso».

«No processo investigam-se negócios e financiamentos em montante total superior a €100 M, que poderão ter acarretado elevados prejuízos para o Estado e algumas das sociedades. Em causa estão factos ocorridos, essencialmente, a partir de 2014 e até ao presente e suscetíveis de integrarem a prática, entre outros, de crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento», defendeu o DCIAP.

O juiz conselheiro Rui Pereira, antigo ministro e presidente demissionário da Mesa da AG do Benfica, aprofundou acusações na CM TV: «Foram imputados crimes graves, fraude fiscal agravada, burla qualificada, branqueamento e abuso de confiança, puníveis com pena de prisão até 8 anos. Mesmo que se trate de imputação de tentativa, pena máxima é de 5 anos e quatro meses, pelo que se admite aplicação de prisão preventiva.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.