Benfica já facturou mais de 35 milhões só em jogadores excedentes

Fechou o exercício 2020/2021 e, com o defeso deste verão ainda a dar os primeiros passos, as águias já equilibraram a folha do balanço financeiro com um rendimento na casa dos €35,5 milhões com a saída a título definitivo de cinco jogadores. O objetivo da SAD passa por encaixar total de negócios a rondar os €70 milhões.

Pedrinho, vendido ao Shakhtar Donetsk por €18 milhões, foi quem permitiu maior rendimento, mas negócios como os de Nuno Tavares ou Franco Cervi, que no imediato permitem encaixe de €12,5 milhões, mais variáveis que ainda podem render no futuro mais €3,5 milhões, não são de desprezar.

Também por isso, as vendas de Pedro Pereira, à Udinese, e de Caio Lucas, que fica em definitivo no Al Sharjah, em que no total rendem €5 milhões, aos cofres da Luz, são de assinalar.

Mas pelo Seixal há ainda muito para resolver no que a saídas diz respeito. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.