Domingos Soares de Oliveira: Erros da época passada não voltam a acontecer

Domingos Soares de Oliveira, CEO do Grupo Benfica, concedeu uma entrevista à TVI24 e ao jornal “ECO” na noite desta quarta-feira, 30 de junho, último dia do exercício 2020/21 da SAD.

Entre os temas abordados ressaltam os resultados financeiroso empréstimo obrigacionista que a Sociedade se prepara para concretizar (dentro de uma estratégia de financiamento), os patrocínios anunciados e para anunciar, a avaliação da época que passou, designadamente os resultados desportivos no Futebol Profissional, e a projeção da nova temporada (estruturação do plantel incluída) com o fito de retomar o sucesso predominante na última década.

Explicações para a má época: “Houve fatores externos e internos e só podemos intervir nestes últimos. Nos externos, o tema do covid-19 é igual para todos, o que não é igual é ter 12 jogadores que não podem jogar porque estão isolados em quartos. Não encontrei outros clubes com muitos jogadores ao mesmo tempo como nós. Quem teve diz que a recuperação física não é imediata. Segundo, a ausência de público teve muito impacto pois é um catalisador dos nossos jogadores e faz mais diferença no Benfica, nomeadamente fora. Outro fator que não não ponho em cima da mesa, mas que os benfiquistas põem, são as arbitragens.”

Fatores internos: “Mas há os fatores internos, que são os mais importantes de discutir, alguns não posso falar para não pôr na mesa, pois era dar o ouro ao bandido e à nossa concorrência sobre o que estamos a fazer. Houve um desconhecimento grande do treinador em relação ao plantel e vice-versa, fizemos muitas mudanças em simultâneo e os treinadores e jogadores não sabiam ao que iam. Este ano isso resolve-se por si, haverá estabilidade de plantel e não prevemos muitas mudanças, haverá estabilidade. O treinador conhece a equipa e sabe com o que pode contar.”

Erro: “Houve um erro da nossa parte que é preciso assumir, pois gerámos expectativas demasiado altas e hoje faríamos de forma diferente.”

Jesus não dirá que vão jogar o triplo? “Penso que não, mas se ouvir é porque o Jorge Jesus é uma pessoa independente, com uma maneira muito própria de dialogar. É um excelente conversador e sabe dirigir as suas mensagens. Criámos expectativas, não apenas o treinador, mas a estrutura toda. O meu discurso foi de rigor e há uma altura em que temos capacidade financeira, com a venda do João Félix, criámos uma riqueza para o clube. Uma das minhas maiores preocupações com os colegas de administração era o que fazer com este dinheiro. Por no banco? Não serve para nada, o Benfica tem uma missão que é ganhar. Depois temos de ter uma gestão que proteja o património mas que ganhe, e foi o que fizemos. Mas não correu bem.”

A investigação da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) à relação entre Vieira e José António dos Santos, o maior acionista individual da SAD do Benfica, foi esta quarta-feira confirmada por Domingos Soares Oliveira, administrador-executivo da sociedade, que revelou ter esta sido também inquirida, e as respetivas informações prestadas. “A CMVM questionou o presidente e a SAD relativamente a essa matéria, as respostas foram dadas e a CMVM fará o trabalho que tiver de fazer”, afirmou, à TVI24, garantindo que “não é preocupante” para a estrutura “que o presidente tenha uma relação profissional com um dos acionistas”.

Soares Oliveira assegurou existir uma “relação excelente com a CMVM” e frisou: “Divergimos em muita coisa, mas temos uma relação honesta e leal. Não houve jogo escondido.”

Reforçando que a OPA, chumbada pela CMVM, “tinha uma sustentação que faz sentido”, o dirigente recusou um problema de credibilidade de Vieira. “Tê-lo como presidente deste grupo que fatura 300 milhões é um privilégio”

Domingos Soares de Oliveira foi ainda questionado se Vieira usou o Benfica para benefício pessoal. “Não tenho conhecimento de qualquer facto para sustentar uma afirmação dessas”, respondeu, comentando depois o recente encontro entre o líder das águias com Pinto da Costa e Pedro Proença. “Para fazer esta caminhada era preciso o mais difícil, juntar clubes. As reuniões de trabalho que temos tido duram há algum tempo, com Sporting envolvido, Braga, Paços de Ferreira. O Sporting é determinante para termos sucesso.”

Se a equipa voltar a falhar a prova milionária, então o caminho passará pela redução salarial. «Primeiro quero acreditar que aquilo que aconteceu no ano passado é uma anormalidade: um jogo, sem competição, terreno do adversário, teoricamente mais fraco do que o Benfica, treinador não conhece os jogadores, jogadores não conhecem métodos do treinador… Acreditamos que se tivermos dois jogos nas eliminatórias conseguiremos passar, temos confiança, caso contrário faremos os ajustes que tivermos de fazer. Se as coisas não correrem como previmos faremos ajustes e pode ser necessário reduzir a massa salarial. Pode ser de duas formas: ou reduzir salários, e nunca o fizemos, ou reduzir número de jogadores», explicou, antes de ir às contratações.

O fracasso da época passada também foi tema e Domingos justificou o sucedido com questões externas – ausência de público, Covid-19 e arbitragens – e internas: «Houve desconhecimento grande do treinador e da equipa técnica em relação ao plantel que tínhamos e vice-versa. Fizemos muitas mudanças em simultâneo, se calhar até por esse investimento que pusemos em cima da mesa, e tanto o treinador como os jogadores não sabiam ao que iam, este ano resolve-se per si, haverá estabilidade. Do ponto de vista do plantel não prevemos muitas mudanças, o treinador conhece bem a sua equipa e sabe com o que é que pode contar exatamente nos lugares em que precisa de haver mutação. Houve da nossa parte um erro que é preciso assumir, gerámos expetativas demasiado altas, um discurso que hoje, se o pudéssemos refazer, provavelmente seria diferente.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.