Pizzi: “Vamos trabalhar o máximo. Este clube vive de vitórias”

Não há duas sem três ou à terceira será de vez para o Benfica lograr a reconquista do cetro nacional, depois dos rivais terem dividido os louros nas duas últimas épocas? No que depender da vontade de Pizzi, será seguramente a segunda opção a vingar.

À entrada para a oitava temporada consecutiva de águia ao peito, Pizzi goza de estatuto de antiguidade no seio do balneário ao lado de Samaris e só André Almeida tem já mais tempo de casa que o médio de 31 anos, que inicia mais uma pré-época com a ambição renovada e também com o necessário reset às frustrações de 2020/2021, para o qual muito contribuíram umas férias mais prolongadas do que costuma ser habitual, com 32 dias a intercalarem o adeus à pretérita época e o olá à nova.

«Este ano tivemos período de férias mais longo, foi bom para desconectar e limpar a cabeça e agora já estamos focados no que aí vem. Vamos trabalhar no máximo, com muita dedicação e vontade de conquistar vitórias, porque este clube vive disso, de muitas vitórias e de muitas alegrias», começou por dizer o médio, em pleno relvado da Luz, no âmbito da apresentação dos novos equipamentos.

«O Benfica está habituado a ganhar títulos, o mais importante é o Campeonato e é esse que queremos voltar a conquistar. Este clube não pode estar tantos anos sem ganhar o Campeonato e vamos fazer tudo desde o primeiro momento para o conquistarmos e com este grupo de trabalho, que tem muita, muita qualidade, certamente vamos lutar por isso até ao último momento», assegurou.

Leave a Reply