Marcel Matz avaliou reforços brasileiros para o voleibol do Benfica

Numa altura em que já se desenha o plantel da equipa de voleibol do SL Benfica para a temporada 2021/22, o treinador Marcel Matz fez uma avaliação dos três reforços de nacionalidade brasileira já anunciados, Bernardo Westermann, Pablo Natan e Lucas França.

Apesar de ainda distante a data de regresso aos treinos, o Campeão Nacional já trabalha com vista à preparação da próxima época. Entre as saídas confirmadas de Nuno Pinheiro e Afonso Guerreiro, três novas caras já foram oficializadas no grupo às ordens de Marcel Matz.

“São três jogadores com potencial de crescimento. São jogadores do voleibol moderno, grandes, com boas características físicas, cada um dentro da sua posição. Há posições em que as coisas acontecem mais cedo, outras mais tarde, mas vêm os três com vontade de evoluir num clube com uma grande estrutura. A vontade deles com a nossa, encaixados num grupo experiente, acho que fica muito bom”, explicou, em declarações ao Site Oficial, o técnico canarinho.

Bernardo Westermann

Marcel Matz prosseguiu com uma análise individual ao perfil de Bernardo Westermann: “No nosso planeamento temos a subida à equipa sénior do Francisco Leitão, mas ainda é muito jovem, precisa de tempo para evoluir e amadurecer. O Bernardo vem para começar um processo de entrada dos mais jovens e ajudar na evolução do Francisco Leitão dentro desse cenário de médio prazo na posição de distribuidor.”

Sobre Pablo Natan, o novo elemento para o quarteto da posição Zona 4, Matz destacou a potência física do atleta de 23 anos que na última temporada atuou no Tours, em França.

Pablo Natan

“É um jogador com características físicas fortes que vem para trabalhar num cenário idêntico ao do Rapha. O Japa e o André Lopes são jogadores mais técnicos na posição. Não é que não possam jogar o Rapha e o Pablo Natan, ou até da forma como terminámos o Campeonato, com o André Lopes e o Japa. Têm características diferentes. O Pablo Natan é muito forte fisicamente, no serviço, no ataque, vem com uma energia muito boa“, frisou.

O último voleibolista a ser anunciado como reforço das águias foi Lucas França, central de 24 anos que já conta com uma passagem por Portugal, onde em 2018/19 representou o Castêlo da Maia.

Lucas França Santos

O Lucas França é um jogador grande, com 2,09 metros, algo que não tínhamos no plantel. Sentíamos algumas dificuldades quando jogávamos contra um jogador muito alto, causava algumas dificuldades aos nossos centrais, ao nosso distribuidor, e então mesmo em termos de treino será importante. Teve uma boa evolução no Brasil, um jogador jovem, vem para ser um dos quatro centrais e procurar o espaço dele”, referiu Marcel Matz.

O treinador salientou a “energia” e a “vitalidade” que pretende extrair dos mais recentes voleibolistas contratados pelo SL Benfica e colocar ao serviço de um grupo que tem feito da coesão uma das suas principais armas.

Vêm esses três jogadores para dar uma energia nova, dar mais vitalidade ao grupo, jogadores jovens e que vão encaixar todos bem dentro do perfil. Fizemos uma boa avaliação em relação à personalidade, às características sociais, tudo o que encaixa bem dentro do nosso grupo para continuar a ser um grupo vencedor, um grupo fechado”, ressaltou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.