Rafael Lisboa diz adeus ao Benfica para seguir carreira no estrangeiro

Começou desde muito pequeno a vestir a camisola do Sport Lisboa e Benfica e é atualmente um dos grandes exemplos para os mais jovens, por tudo o que conseguiu alcançar durante estes 17 anos. Rafael Lisboa decide agora iniciar uma nova viagem na carreira e o Clube agradece profundamente todo o seu empenho, compromisso e dedicação, deixando um voto muito especial de felicidades para o seu futuro.

Na hora da sua saída, o atleta deixou agradecimentos a toda a estrutura do Sport Lisboa e Benfica e explicou que os seus objetivos passam agora por outros voos no mundo do basquetebol. Numa entrevista concedida em exclusivo à BTV, Rafael Lisboa expressou o desejo de voltar um dia a defender as cores do Clube e conseguir algo que acabou por não ser possível enquanto sénior: ganhar títulos.

Rafael Lisboa

Do minibasket ao adeus

“É um adeus muito complicado. Cresci no Benfica, comecei em 2004 no minibasket, era pequeno, tudo numa fase muito inicial. Comecei e cresci até hoje neste clube, é a minha casa, agradeço tudo ao Benfica. O meu percurso foi complicado no início. Quando comecei a jogar federado tinha as minhas qualidades, mas não era um jogador que fizesse grande diferença e fui crescendo, o Benfica sempre acreditou em mim, todos os treinadores que tive também. Falando da formação, tive o Nuno Rodrigues que esteve comigo nos Sub-14, Sub-16, Sub-18 e nunca deixou de acreditar que eu poderia ser jogador e sempre confiou em mim quando o mais fácil era não confiar. Isso tudo graças ao suporte do Benfica, da secção e eu agradeço tudo ao Benfica. Cresci aqui, adoro estar aqui, é uma decisão muito complicada, mas espero um dia voltar a representar o Benfica porque me sinto muito bem aqui. Saio de consciência tranquila porque dei sempre o meu melhor, suei a camisola, fiz tudo o que podia para ajudar as equipas onde estava, treinei muitas horas extra para conseguir melhorar e ajudar o Benfica. Só posso agradecer e, se um dia voltar, as minhas características serão as mesmas e a vontade de trabalhar será a mesma.”

Rafael Lisboa

O título que faltou

“Só ganhei um Campeonato Nacional, de Sub-16, o resto foram campeonatos distritais. Foram sempre percursos ascendentes da nossa equipa, na altura começámos em Sub-14, fomos até aos Sub-18 e quando chegou ao fim foi complicado. Estávamos habituados a jogar juntos, entrava um jogador novo, mas a base, os treinadores, era igual. Foi um percurso bom e todos os meus colegas ajudaram a que chegasse à equipa principal e a concretizar sonhos que tinha desde criança. Acabei por não conseguir ganhar títulos na equipa principal. É ainda mais difícil sair sem nenhum título na equipa sénior, mas espero um dia conseguir e vou ficar muito emocionado e contente com esse momento porque é um objetivo que tenho.”

Rafael Lisboa

Estreia a 1 de dezembro de 2017

“Lembro-me perfeitamente do jogo. Foi em Ponte de Sor com o Eléctrico e lembro-me de entrar, fui praticamente logo para a linha de lance livre e depois ainda marquei mais um triplo numa jogada a seguir. Foi um momento marcante, nunca me esquecerei. Foi um objetivo concretizado, chegar à equipa principal e jogar. Passei aqui toda a minha infância e juventude, na bancada a ver treinos, jogos, e a pensar que um dia gostava de ser eu ali. E esse foi o dia em que concretizei esse objetivo. Juntar a isso fazer logo pontos foi muito bom.”

Rafael Lisboa

Três lançamentos, três triplos

“Esse momento foi incrível [vitória por 120-76 sobre o Terceira Basket, no dia 1 de junho de 2018]. Foi aqui no Pavilhão, perante os nossos adeptos, consegui fazer aqueles triplos na parte final e o que mais me tocou e emocionou, sobretudo quando hoje vejo esse vídeo, é que eu era muito miúdo e olhei para as bancadas e as pessoas estavam a viver aquilo comigo. Isso tocou-me imenso. Lembro-me de vir para aqui lançar no intervalo dos jogos quando a bola era maior do que eu e os adeptos olhavam para mim… Mais tarde estar a jogar, senti que havia uma relação diferente, senti as pessoas emocionadas e isso tocou-me imenso.”

Rafael Lisboa

Servir colegas e servir o Benfica

“Procuro sempre trabalhar e aperfeiçoar todos os pontos do meu jogo. Sempre gostei de lançar de três, mas não diria que é a minha melhor característica. Penso que essa é servir os meus colegas, assistir, passar… Quando jogava nos Sub-14 era muito mais de triplos e fui evoluindo para outras partes. Sinto-me contente por isso. A última época sem os adeptos foi mais complicada, mas fui sentindo o apoio, dei sempre o meu melhor, e saio de consciência tranquila de que fiz o meu melhor para servir o Benfica e os adeptos, são eles que fazem o Clube.”

Rafael Lisboa

Quinas ao peito

“O percurso na Seleção é curioso. Em Sub-16 nunca fui convocado, no primeiro ano de Sub-18 fui dispensado, no segundo ano de Sub-18 tive um azar com uma lesão complicada e acabei por sair. Os únicos Campeonatos da Europa que fiz foram os dois de Sub-20. No segundo conseguimos ganhar e fui o MVP do torneio. Alguns meses depois estreei-me pela seleção A e estou orgulhoso do meu trabalho. Fui crescendo e quero continuar a crescer, vou trabalhar para isso. Mas mais uma vez, só consegui atingir isso devido às condições e à confiança que o Benfica me deu. Tudo no meu percurso tem mérito meu, mas também é muita responsabilidade do Benfica e nunca vou esquecer isso porque nunca me esqueço de quem me ajuda e de quem me dá a mão.”

Rafael Lisboa

Buzzer europeu para a história

“São momentos muito rápidos. Lembro-me de eles marcarem um cesto e tentei abrir uma linha de passe o mais rapidamente possível e pensei em driblar o máximo que conseguisse e lançar quando o tempo estivesse a acabar. Logo pensei que não fosse entrar, mas acabou por entrar. Infelizmente perdemos esse jogo [frente ao Medi Bayreuth em 29 de janeiro de 2020].”

Rafael Lisboa

Revelação Modalidades nos Galardões Cosme Damião

“Foi incrível. Já tinha ido a algumas galas, numa delas o meu pai recebeu o prémio Carreira. Via pessoas como o Eusébio, jogadores de futebol, todos a receber prémios, e quando chegou a minha altura de subir ao palco [4 março de 2020] e estar a falar para pessoas com o nome que têm no Benfica e com o percurso que fizeram e fazem no Benfica, a olharem para mim, foi emocionante. Só o consegui devido às pessoas que votaram em mim e mais uma vez agradeço-lhes. Já tinha estado nomeado e nesse ano venceu o Afonso Jesus. É um momento sempre marcante receber um galardão do clube onde fiz toda a minha formação.”

Rafael Lisboa

Rumar ao estrangeiro

Sempre tive o objetivo de me testar fora, experimentar outros palcos e tentar chegar mais longe, e por isso achei, em conjunto com a minha família, com o meu agente e todas as pessoas que trabalham comigo, que era a melhor altura para dar este passo. Estou contente porque é um passo importante na minha carreira, mas por outro lado é complicado deixar para trás uma casa, uma instituição incrível, mas penso que é a decisão acertada e o momento acertado para prosseguir a minha carreira fora.”

Rafael Lisboa

Agradecimento na hora do até já

“É um ‘adeus’ que eu quero que seja um ‘até já’. Falta-me ganhar um título pelo Benfica e quero voltar um dia para consegui-lo. Quero agradecer a todos os benfiquistas, a todas as pessoas que me ajudaram, colegas, treinadores, pessoas da estrutura que trabalharam comigo, todos os adeptos que nos apoiaram sempre. Nunca me vou esquecer de quem gosta de mim, de quem me dá a mão e desta segunda casa que é este grande clube. Mais uma vez, muito obrigado, desejo toda a sorte e vou estar a torcer, onde quer que esteja, pelo sucesso do Clube e da equipa de basquetebol.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.