Jorge Jesus já faz contas ao plantel da próxima época

A titularidade concedida a Pedrinho, Chiquinho e Franco Cervi no jogo de anteontem, na Madeira, com o Nacional, parecia oportunidade dourada para um trio que tem passado a temporada a desempenhar papéis secundários na equipa de Jorge Jesus, mas a verdade é que acabaram substituídos ao intervalo, sem glória, quando a equipa perdia por 0-1, e ainda ouviram duras palavras do treinador.

«A nível tático, os jogadores que lancei  nem se aperceberam do que estavam a fazer em campo, era uma questão tática, não técnica. Tínhamos pouca largura, o Cervi não a dava, tal como o Waldschmidt, e a equipa estava sempre em má posição para perder a bola», explicou Jesus.

Pedrinho não foi nomeado, ao contrário dos companheiros de equipa, mas encerra maior preocupação, dado que Cervi estará de saída para o Celta, da liga espanhola e Luca Waldschmidt é um dos mais importantes atacantes das águias. Chiquinho, refira-se, tem também mercado e dele os benfiquistas já não esperarão afirmação ou negócio milionário, depois de ter perdido embalagem com Bruno Lage e ter continuado a sentir dificuldades em jogar regularmente com JJ.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.