Benfica pede público pelo menos na final da Taça de Portugal

As regras para o desconfinamento, que a partir de segunda-feira conhece menores restrições a nível geral, ainda não abrangem o futebol. Com a época a caminhar para o final não há ainda previsão sobre quando poderão os adeptos voltar a frequentar os estádios. Ontem, pela voz de Varandas Fernandes, vice-presidente das águias, o Benfica tomou posição pública contra a permanência do afastamento dos adeptos dos grandes palcos. O dirigente, em nome do clube, pediu para as «autoridades sanitárias» avaliarem a situação de forma a poderem autorizar, pelo menos, assistência na final da Taça de Portugal, agendada para Coimbra, a 23 de maio.

«Como médico tenho de ser prudente e não quero que se volte a andar para trás nesta questão da pandemia. Temos de ter bom senso e acatar as medidas de prevenção face a uma situação gravíssima que a todos nos afetou. Mas por outro lado não percebo muito bem como se abrem espaços fechados, sem grande ventilação, como são os centros comerciais, salas de espetáculo e não se pode abrir os estádios, que são arejados, com milhares de lugares e em condições de permitirem distanciamento, entradas diferenciadas sem cruzamento de pessoas… isso não não percebo bem», sublinhou o dirigente ontem na rubrica Pontos nos iis, da BTV.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.