Benfica associa “ciclo positivo” ao regresso das notícias desestabilizadoras

A nossa equipa de futebol tem vindo a atravessar um bom momento, com exibições e resultados condizentes com as aspirações de todos os benfiquistas.

Presentemente encontra-se num ciclo de sete vitórias consecutivas em competições oficiais, igualando a melhor série da temporada, alcançada no início da época.

Muito já se falou dos problemas que afetaram o plantel, tornando-se mais evidente, depois de ultrapassados, a influência negativa dos mesmos no rendimento desportivo da equipa.

Das sete vitórias seguidas nos últimos sete jogos constam seis relativas à Liga NOS, perfazendo a melhor série de triunfos na prova na presente época. O Benfica é o clube que mais pontos conquistou na segunda volta do Campeonato, só sendo superado neste particular, analisando as seis principais ligas europeias, pelo Inter, em Itália.

Os pontos somados são uma consequência da melhoria dos índices competitivos da equipa, podendo estes ser constatados através de outros dados.

Por exemplo, no plano do desempenho defensivo, a “folha limpa” nas últimas sete partidas de competições oficiais resulta da maior segurança defensiva a nível coletivo. É preciso recuar a 2013/14 para se encontrar uma série mais prolongada. Na Liga NOS são também sete os jogos sem golos sofridos, só havendo três ciclos mais duradouros em toda a história benfiquista na competição.

No extremo oposto, a produção ofensiva tem sido aproveitada por Seferovic, autor de oito golos nos últimos sete jogos, sete nos últimos cinco (leva 20 desde o início da época, 16 na Liga NOS, sem qualquer grande penalidade). A equipa marcou 17 golos ao longo dos últimos sete jogos, perfazendo uma média de 2,42 golos por jogo (1,97 até ao início deste ciclo; 1,47 em janeiro e fevereiro), só não indo além de um tento no desafio com o Marítimo, no qual se contou o desperdício de três oportunidades de golo flagrantíssimas.

Por coincidência ou talvez não, desde que o rendimento da equipa subiu têm-se multiplicado informações falsas, presumindo-se a intenção de desestabilizar. Ainda ontem foi emitido mais um comunicado a desmenti-las e que agora reiteramos: o Clube não está no mercado à procura de quem quer que seja para reforçar a sua estrutura diretiva do futebol profissional.

Neste momento, apenas interessa ao plantel, à estrutura do futebol profissional e à direção do Sport Lisboa e Benfica, no que a tudo o que envolve o futebol diz respeito, vencer as oito partidas que faltam do Campeonato e a Taça de Portugal.

No imediato, o único objetivo da equipa passa por vencer o desafio com o Gil Vicente, um adversário que nos criou dificuldades na primeira volta e que se encontra no trio dos décimos classificados da Liga NOS. Ganhar para somar mais três pontos é o enfoque do plantel e é para tal que tem vindo a trabalhar arduamente ao longo da semana.

De Todos Um, o Benfica!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.