Luís Filipe Vieira vê processo BPN arquivado por falta de indícios criminais

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, viu arquivadas as acusações de burla qualificada, falsificação de documentos e branqueamento de capitais num processo relacionado ao BPN, segundo noticia a TVI.

No despacho do Departamento Central de Investigação e Ação Penal, assinado pelos procuradores Inês Bonina e Pedro Roque, considera-se que «não existem indícios suficientes da prática de crime» por parte de Luís Filipe Vieira.

Em causa estava a suspeita que o grupo Inland, presidido por Luís Filipe Vieira, teria orquestrado um esquema que lhe permitisse não pagar crédito de 17,4 milhões de euros.

Os procuradores admitem «uma dúvida razoável», mas não sendo preenchida com prova, impõe o arquivamento dos autos».

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.