Benfica assinala o “feito histórico” de ter a seu favor um penalti à 25ª jornada

O Benfica recebeu e venceu o Marítimo, por 1-0, golo apontado por Luca Waldschmidt, na marcação de um penálti, o primeiro favorável às águias na presente edição da Liga.

«Foram necessárias 25 jornadas para que, finalmente, uma falta evidente sobre um nosso jogador na área adversária fosse sancionada com grande penalidade», assinalam os encarnados, na publicação News Benfica.

«Trata-se de um recorde indesejável e injusto face aos vários lances em jogos anteriores que, indubitavelmente, deveriam ter sido assinalados», argumenta o clube da Luz.

Eis o conteúdo do artigo completo desta edição da News Benfica:

“O mais importante era ganhar e isso foi conseguido”, começou por afirmar Jorge Jesus, após a partida com o Marítimo, realçando, com pragmatismo, a relevância dos três pontos conquistados e a continuidade da senda de vitórias que a equipa tem vindo a conseguir desde que o surto de Covid-19 no seio do plantel foi debelado.

Tratou-se do sexto triunfo consecutivo em provas oficiais, o quinto na Liga NOS. Esta série vitoriosa no Campeonato iguala a melhor conseguida na presente temporada, ao longo das cinco jornadas iniciais.

Merecem também destaque as seis partidas seguidas na Liga NOS sem qualquer golo sofrido. É preciso recuar a 2014/15, época em que, sob o comando de Jorge Jesus, nos sagrámos bicampeões nacionais passados 31 anos, para se encontrar um registo melhor (sete). Em toda a história, foram somente oito as séries mais longas que a atual de jogos consecutivos no Campeonato sem golos sofridos.

O triunfo benfiquista ante o Marítimo não tem contestação possível. Só a ineficácia perante a baliza contrária impediu a nossa equipa de cimentar a vantagem conseguida no 21.º minuto de jogo. E ao não conseguir concretizar qualquer das várias oportunidades de golo criadas, “pôs-se a jeito”, conforme caracterizou Jorge Jesus. Na única grande chance maritimista, Helton fechou a baliza.

O golo solitário foi da autoria de Waldschmidt, o 10.º da sua conta pessoal desde que chegou ao Benfica, perfazendo já, ainda com dez jogos por disputar na temporada, o seu melhor registo numa época.

Fê-lo de penálti, o primeiro de que o Benfica beneficiou na Liga NOS 2020/21. Foram necessárias 25 jornadas para que, finalmente, uma falta evidente sobre um nosso jogador na área adversária fosse sancionada com grande penalidade. Trata-se de um recorde indesejável e injusto face aos vários lances em jogos anteriores que, indubitavelmente, deveriam ter sido assinalados.

O nosso treinador, entretanto, atingiu um marco interessante ao serviço do Benfica: 250 vitórias em competições oficiais nacionais e internacionais, não considerando três após o desempate por marcação de pontapés da marca de grande penalidade. Incluindo estas e ainda as conseguidas na Taça de Honra da AFL, soma 255.

Após uma ronda em que encurtámos em dois pontos a distância pontual para o líder, faltam agora nove jornadas e todas são para vencer. Por agora interessa apenas a próxima, na qual teremos a difícil deslocação ao reduto do Paços de Ferreira, casa do quinto classificado e de uma das equipas mais elogiadas pelos analistas.

De Todos Um, o Benfica!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.