Jorge Jesus tem um recorde nacional em mente que implica não voltar a imigrar

Conferência de imprensa do treinador do Benfica, Jorge Jesus, de antevisão do jogo com o FC Porto para a Supertaça Cândido de Oliveira, em Ílhavo, 22 de dezembro 2020. JOSÉ COELHO/LUSA

Com o 1-0 frente ao Marítimo, na Luz, Jorge Jesus chegou à 250.ª vitória como treinador do Benfica, estatística que lidera de forma destacada. Seguem-se o húngaro Janos Biri, treinador do Benfica entre 1939 e 1947, que conseguiu 194 e Otto Glória (1954-1959 e 1967-1970), com 162.

A maior parte destes triunfos aconteceu na Liga, com 155 em 209 jogos, à frente de Liga Europa (29) e Taça de Portugal (27).

Na conferência de imprensa após o jogo, o treinador abordou a marca mas revela que quer outro recorde: «Quero bater outra marca, que é ser o treinador com mais jogos na Liga, mas é bom ter chegado às 250 vitórias. Vamos ver se continuamos a ganhar mais vezes», disse.

Esta declaração do mister obriga-o a não voltar a imigrar, ou não por muito tempo. Para ser um dia o treinador com mais jogos na principal liga portuguesa, Jorge Jesus tem ainda de ultrapassar Manuel Cajuda, Vitor Manuel, Mário Wilson, Manuel José, José Maria Pedroto, Manuel Oliveira e finalmente, o líder nesta classificação, Fernando Vaz com 626 jogos disputados na primeira divisão enquanto treinador. Jorge Jesus tem no entanto a vantagem de estar no activo e na ribalta ainda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.