Benfica B empurrado para a derrota na Póvoa de Varzim

A equipa comandada por Nélson Veríssimo entrou bem na partida, praticou o melhor futebol, chegou ao golo por intermédio de Gonçalo Ramos, mas não conseguiu segurar a vantagem. Num estádio complicado e num desafio a contar para a 27.ª jornada da II Liga, o Benfica B perdeu com o Varzim por 2-1.

Os primeiros minutos do encontro demonstraram duas equipas com desempenhos bastante distintos. Os primeiros sinais de controlo e construção apoiada pertenceram ao Benfica B que, em futebol apoiado e rendilhado, chegava a zonas de finalização com relativa facilidade. Destaque para as incursões realizadas por João Ferreira e Umaro Embaló. Os dois atletas tomavam conta da asa direita e a química de ambos era evidente. Nota para um lance de entendimento aos 7′Umaro recebeu, esperou a passagem do lateral-direito e entregou o esférico. Sem preparação, João Ferreira efetuou um cruzamento tenso para o interior da área, contudo, o cabeceamento de Gonçalo Ramos levou força a mais e passou alguns metros por cima da barra. 

O segundo momento de frisson aconteceu aos 15′Morato colocou a bola para a profundidade, Tiago Araújo meteu uma abaixo, acelerou, ninguém o acompanhou e sentiu-se à vontade para cruzar. O centro foi rasteiro, atrasado e a pedir a entrada de um companheiro de equipa. Henrique Araújo estava atento, acompanhou o lance e apareceu no momento certo para o remate, porém, o disparo, com a parte interior do pé direito, fez um arco e a bola acabou por subir em demasia. Dava a sensação que algo ia acontecer…

E aconteceu mesmo! O Benfica B tanto procurou que acabou mesmo por chegar ao golo inaugural (0-1 aos 18′). David Tavares galgou vários metros pela zona nevrálgica do terreno, soltou-se da marcação exercida pelos adversários e colocou a bola em Tiago Araújo. O passe saiu com força a mais, mas Tiago não desistiu. Travou o esférico, encarou o defesa, fez a finta e colocou um cruzamento com conta, peso e medida para o interior da área. À ponta de lança, Gonçalo Ramos surgiusaltoucabeceou e marcou.

A resposta dos poveiros não demorou (não demorou mesmo nada!)… Aos 20′ e através de um ataque rápido pelo flanco direito, Fatai ganhou a frente do lance e, já perto da área, cruzou para o interior da mesma. Irobiso venceu a batalha das vontades diante de Tomás Araújo e, com um toque subtil, desviou o esférico do alcance de Svilar (1-1). No minuto 29 houve uma situação nova na partida da 27.ª jornada da II Liga. O Varzim colocava-se na frente do marcador (2-1), através da conversão de uma grande penalidade. Agdon apareceu isolado e no momento de desviar o esférico do guardião encarnado, João Bento – árbitro da partida –considerou que Svilar tocou, com falta, no dianteiro do Varzim. Na marca do castigo máximo André Vieira não perdoou. Svilar adivinhou a trajetória (bola caminhou para o canto inferior esquerdo), ainda chegou ao esférico, mas não conseguiu impedir o golo. Ao intervalo: 2-1.

Varzim Benfica B II Liga

O jogo direto imperou nos momentos iniciais da segunda parte. Bolas altas, procura do espaço e pouco futebol rendilhado. Os comandados de Nélson Veríssimo procuravam inverter esta situação e, aos 56′, David Tavares efetuou um remate cruzado e perigoso. Nota para o recorte técnico da jogada. Morato controlou bem o esférico com a sola da bota, tirou o defesa do seu encalço e abriu caminho para uma bonita movimentação. Ficou o aviso…

Aos 61′Svilar impediu o terceiro golo dos poveiros. Contra-ataque, poucos toques, momento de finalização. Fatai foi rápido, apareceu em boa posição e, já no interior da área, rematou com o pé canhoto, todavia, o guardião encarnado preencheu bem o espaço e afastou. Quatro minutos depois (65′), primeira alteração no Clube da Luz. Samuel Pedro entrou para o lugar de Umaro Embaló

Benfica B carregava. Todos os jogadores, menos o guardião, estavam envolvidos na manobra ofensiva e o tento esteve muito perto de acontecer aos 74′. Lance de bom envolvimento, o cruzamento de Tiago Araújo foi longo, Samuel Pedro, no flanco direito, puxou para dentro e, de pé esquerdo, rematou cruzado em direção da baliza. Mérito para Ricardo que percebeu o lance e encaixou com segurança. O técnico encarnado, não satisfeito com o resultado, decidiu efetuar mais alterações nas suas peças. Sandro Cruz e Diogo Mendes saíram para as entradas de Jair Tavares e Martim Neto

Foi já com Luís Lopes e Fábio Baptista em campo – entraram para os lugares de Henrique Araújo e João Ferreira – que as águias tentaram o forcing final. Uma segunda parte com ascendente encarnado, contudo, faltou calibrar melhor a pontaria no momento da finalização. Uma deslocação tradicionalmente difícil, algo que foi referido nas antevisões, que acabou por se traduzir no marcador. Resultado final: 2-1.

No jogo da próxima jornada (28.ª), as águias recebem a visita do Feirense, numa partida aprazada para o dia 11 de abril, às 17h00.

Nélson Veríssimo

DECLARAÇÕES

Nélson Veríssimo (treinador do Benfica B): “O jogo ficou marcado por três momentos. A incapacidade que tivemos de segurar a vantagem depois de termos conseguido o golo com bastante mérito. Marcámos, mas logo a seguir o Varzim fez o golo. Depois, o penálti contra [2-1]. No meu entender não é grande penalidade. E houve um lance com o Gonçalo Ramos em que, na nossa opinião, e já que aquela foi considerada, devia ter sido assinalada uma grande penalidade a nosso favor. Ainda assim, não queremos estar a justificar a nossa derrota na Póvoa por esses dois momentos. Os jogadores estão revoltados com o resultado, mas deixo uma mensagem para eles, porque, tendo em conta o que foi o jogo, criámos situações mais do que suficientes para não sair daqui com este desfecho. O Ricardo [guarda-redes do Varzim] foi eleito melhor jogador em campo com todo o mérito. Fizemos o que tínhamos de fazer, substituições no sentido de permitir que a equipa chegasse em maior quantidade de volume às zonas de finalização. Tivemos situações para pelo menos conseguir o empate. Agora é olhar para o próximo jogo com o Feirense e prepará-lo.”

Tiago Araújo (jogador do Benfica B): “Foi um jogo muito bem conseguido da nossa parte, faltou o resultado, não era o que queríamos. Fizemos um bom jogo, as oportunidades estiveram lá, precisamos de mais eficácia. Vamos continuar a trabalhar e ganhar os jogos que aí vêm. Todos os jogos e pontos são importantes, esta Segunda Liga é muito competitiva. Vamos lutar sempre pela vitória.”

Varzim-Benfica B
2-1
Estádio do Varzim Sport Club
Onze do Benfica B
Svilar, João Ferreira (Fábio Baptista, 87′), Tomás Araújo, Morato, Sandro Cruz (Jair Tavares, 78′), Diogo Mendes (Martim Neto, 78′), David Tavares, Umaro Embaló (Samuel Pedro, 65′), Tiago Araújo, Henrique Araújo (Luís Lopes, 87′) e Gonçalo Ramos
Suplentes
Carlos Santos, Kalaica, Fábio Baptista (87′), Tomás Azevedo, Martim Neto (78′), Henrique Jocu, Jair Tavares (78′), Samuel Pedro (65′) e Luís Lopes (87′)
Ao intervalo2-1
Marcadores do BenficaGonçalo Ramos (18′)
Boletim clínico
Diogo Capitão (status pós-cirúrgico ligamentoplastia do cruzado anterior do joelho esquerdo); Pedro Álvaro (lesão muscular na coxa direita); Daniel dos Anjos (status pós-miocardite aguda pós infeção por COVID-19); Paulo Bernardo (contusão do tornozelo direito); Pedro Ganchas (lesão do complexo articular do ombro esquerdo); Ilija Vukotic (lesão muscular na coxa direita); Leo Kokubo (lesão capsular no quinto dedo da mão esquerda)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.