Triunfo magro sobre o Clube Albergaria e com mais uma expulsão forçada

A equipa feminina de futebol do Benfica venceu, por 1-0, o Clube Albergaria no Benfica Campus, no jogo da 9.ª jornada da fase de apuramento de campeão da Liga BPI. O desfecho, na tarde deste sábado, foi sentenciado ainda na primeira parte.

Perante um adversário cumpridor no plano defensivo, a equipa benfiquista usou os remates de meia distância para quebrar a resistência no Campo n.º 7. Kika (17′), Carole Costa (18′) e Beatriz Cameirão (24′) erraram o alvo por pouco, mas Andreia Faria foi mais precisa: ao minuto 26, primeiro acertou na barra, depois colocou a bola dentro da baliza, assinando o 1-0Um golo muito bonito.

Um ataque bem trabalhado pela direita deixou Nycole em posição para servir o disparo de Kika Nazareth aos 31′. A jovem internacional portuguesa rematou de pé direito, rasteiro, e a guarda-redes Diana Oliveira defendeu, evitando o 2-0.

Nycole

As comandadas de Filipa Patão dominaramcontrolaram e foram protagonistas das principais ações ao longo da primeira parte. Antes do intervalo (44′), Cloé Lacasse, pela direita, teve mesmo nos pés a possibilidade de confortar a vantagem, mas Diana Oliveira voltou a fechar a baliza, aguentando o 1-0. Num lance posterior, a guardiã do Clube Albergaria teve de receber assistência médica durante alguns minutos, retardando o termo da primeira parte.

Ao 11.º minuto de compensação (depois de novo remate de Kika e outra defesa de Diana Oliveira) a árbitra Sílvia Domingos apitou para tempo de descanso: 1-0 ao intervalo.

O Benfica avançou para a segunda metade do encontro com Carolina Vilão na baliza (saiu a internacional brasileira Letícia) e depressa voltou a criar oportunidades de golo. Diana Oliveira parou os remates de Kika aos 55′ e 56′, e logo a seguir a avançada encarnada atirou fora do alcance da guarda-redes, mas o esférico esbarrou no poste direito (58′).

Um corte, de carrinho, de Ana Seiça, que tocou na bola no mano a mano com Érica Bispo em zona de risco, foi, no entanto, interpretado pela árbitra como intervenção faltosa, daqui resultando a mostragem de um cartão vermelho direto à defensora benfiquista. Estavam decorridos 60 minutos de jogo. A treinadora Filipa Patão procedeu de imediato à reorganização tática da equipa para mitigar a inferioridade numérica: saiu Marta Cintra, entrou Christy Ucheibe.

Kika Nazareth

Nesta fase do desafio o Clube Albergaria foi capaz de se chegar à frente e de incomodar a guarda-redes Carolina Vilão (defesa mais apertada aos 63′).

Estabilizada, a equipa encarnada reativou as suas dinâmicas e voltou a mandar no jogo, ainda que o Clube Albergaria fosse capaz de replicar nalguns momentos de posse de bola, mantendo a crença na discussão do score.

Ao minuto 81, a culminar uma ofensiva impulsionada por Jolina, Kika Nazareth entrou na área e rematou de pé esquerdo, mas a bola voltou a passar ao lado da baliza. Com o desperdício patente, estava escrito: o marcador não voltaria a mexer e as águias asseguraram mais três pontos, importantes na luta pelo título nacional.

Filipa Patão

DECLARAÇÕES

Filipa Patão (treinadora do Benfica): “A equipa que marca mais golos é a que ganha. Não fomos competentes aí [na finalização] e acabámos por nos colocar a jeito em determinadas situações. Com menos uma jogadora [expulsão de Ana Seiça aos 60′] tivemos de ter mais estratégia, guardar mais a bola, atacar nos momentos certos, mas devemos a nós o desequilíbrio que criámos no nosso próprio jogo. Uma vitória justa, mas não podemos ser condescendentes no sentido de gostarmos e de estarmos satisfeitos com o que fazemos. Temos de querer sempre mais. Vencer este jogo por 1-0, quando poderíamos sair daqui com um resultado bem dilatado, não me deixa satisfeita. É continuar a trabalhar e a melhorar.”

Benfica-Clube Albergaria
1-0
Benfica Campus (Campo n.º 7)
Onze do Benfica
Letícia (Carolina Vilão, 46′), Catarina Amado, Ana Seiça, Carole Costa, Lúcia Alves (Matilde Fidalgo, 75′), Beatriz Cameirão, Andreia Faria, Marta Cintra (Christy Ucheibe, 61′), Kika Nazareth, Cloé Lacasse e Nycole (Jolina, 75′)
Suplentes
Carolina Vilão (46′), Matilde Fidalgo (75′), Mariana Dantas, Sara Fernandes, Christy Ucheibe (61′) e Jolina (75′)
Ao intervalo1-0
Golos do Benfica
Andreia Faria (26′)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.