Ida do Benfica ao mercado depende de ida à Champions

FUTEBOL – Darwin Nunez e Everton Cebolinha no Benfica – Belenenses SAD, jogo da 5 Jornada da PRIMEIRA LIGA 2020/2021. Estadio da Luz, em Lisboa. Segunda Feira, 26 de Outubro de 2020. (Miguel Nunes/ASF) BENFICA BELENENSES SAD

A entrada na Liga dos Campeões da próxima época trará ao Benfica «um impacto importante no equilíbrio económico» da SAD e a não participação na prova, esta temporada, já afetou «profundamente» a diminuição de receitas, «impossível de compensar com igual redução de custos», pode ler-se no relatório e contas do primeiro semestre da época 2020/2021 da sociedade anónima dos encarnados.

Esse efeito negativo obriga, já, o Benfica a encarar o próximo mercado de transferências com mais prudência. Mas será a qualificação para a próxima edição da Champions a determinar, verdadeiramente, como reforçará o Benfica a equipa para a época seguinte.

É certo, desde já, que os encarnados vão ter de vender jogadores, como admitiu o administrador executivo da SAD, Domingos Soares de Oliveira, em dezembro, quando deu conta de que não haveria capacidade para apresentar resultados financeiros positivos sem venda de ativos.

Carlos Vinícius, avançado emprestado ao Tottenham, pode ser uma das soluções, embora os londrinos não estejam dispostos a acionar a cláusula de opção de compra de €45 milhões.

A venda de alguns dos jogadores mais importantes da equipa pode, pois, ser uma inevitabilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.