Jorge Jesus considera que o jogo foi mais fácil que pensava de início

Jorge Jesus fez a análise à vitória sobre o Boavista, por 2-0, reconhecendo que a expulsão de Chidozie contribuiu para um jogo mais acessível para as águias.

«O jogo foi mais fácil do que eu pensava de início. A expulsão muito cedo do Chidozie fez com que o Boavista praticamente não conseguisse ter o momento ofensivo do jogo, o que é normal quando se tem menos um jogador, nota-se mais a atacar do que a defender. O Benfica foi gerindo e estávamos confiantes de que o golo podia surgir a qualquer momento, mas devíamos ter feito mais e acelerado para o 3-0, 4-0… Procurámos não sofrer golos e, se não me engano, só sofremos um nos últimos sete jogos, de penálti em casa do Moreirense. O Seferovic fez mais um excelente jogo, está num momento muito bom, o que para nós é importante pois o Darwin está a recuperar de lesão. Agora é preparar a equipa para Braga. Parabéns aos jogadores, nota-se que estão a ficar melhores individualmente e nota-se no coletivo», disse o treinador à BTV.

As entradas de Diogo Gonçalves e Lucas Veríssimo para a linha defensiva do Benfica foram, admite Jorge Jesus, fundamentais para a melhoria de resultados no Benfica. O treinador mostrou-se altamente agradado com o jogo de ambos diante do Boavista.

«O Diogo Gonçalves melhorou muito a equipa na fase de decisão, é um jogador com enorme qualidade de cruzamento, melhorou os posicionamentos defensivos e acelera o jogo quando quer. Pode fazer melhor porque ainda não acredita tanto nele como eu acredito. O Lucas Veríssimo estabilizou a equipa no corredor central e mostrou que o Benfica acertou na contratação de um grande central.»

O golo anulado a Adel Taarabt por suposta falta sobre um defesa do Boavista foi o ponto de partida para Jorge Jesus deixar alguns reparos à arbitragem em Portugal, com o treinador do Benfica, até, a falar sobre basquetebol.

«Os árbitros refugiam-se nesta nova lei do contacto, tudo o que seja contacto entre jogadores marcam falta. Não interessa se é a favor do Benfica ou não, mas, que eu saiba, no futebol pode haver contacto porque isto não é basquetebol. E mesmo aí, quando há disputa de bola entre dois jogadores, ele existe. No futebol, todos os lances de cobertura de espaço são falta. Os árbitros não percebem nada disto porque nunca jogaram.

 Conhecem as leis mas o jogo tem muitas coisas para além das leis! No lance do Taarabt, por exemplo, tem de deixar a jogada acabar e não deixou. De certeza que, a conversarmos, vamos chegar a um lado e o futebol vai melhorar. Toda a gente se queixa, não são dois ou três clubes.  Temos de começar a pensar em quem é que está errado», pediu o treinador dos encarnados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.