Benfica B vendeu cara a derrota no Estádio do Fontelo perante o Académico de Viseu

Apesar de mais remates (13) e mais posse de bola (60%), o Benfica B pecou na finalização e acabou por perder no terreno do Ac. Viseu, por 2-1, em jogo da 24.ª jornada da II Liga

No Estádio do Fontelo, a primeira oportunidade de perigo até surgiu do lado do Benfica B, com David Tavares a servir – pela segunda vez aos 7′ – os companheiros de equipa. Valeu a atenção da defesa do Ac. Viseu, a impedir a vantagem encarnada…

Mas, no primeiro contra-ataque, foi a formação liderada por José Gomes que chegou ao 1-0. Aos 13′, João Vasco alcançava a baliza de Fábio Duarte, guarda-redes encarnado que viria ainda a fazer uma grande defesa aos 25′.

Apesar das estatísticas ao intervalo – Benfica B com mais remates (8 contra 5) e mais posse de bola (58% contra 42%) –, o conjunto de Nélson Veríssimo saía para o balneário a perder por 1-0.

Jogados pouco mais de 15 minutos da segunda parte, grande penalidade assinalada a favor do Benfica B. Pica fez falta na área sobre Henrique Araújo e os encarnados tinham ali a oportunidade de igualar a partida… Chamado a converter, Morato não desiludiu. Estava feito o 1-1

Apesar da fraca capacidade ofensiva na segunda metade do encontro, o Académico de Viseu colocava-se novamente na frente do marcador aos 83′. Yuri Araújo tirou os adversários da frente e conseguiu alcançar a baliza encarnada, atirando, de pé esquerdo, para o 2-1 que fechou a contagem.  

Na próxima jornada, o Benfica B recebe o Leixões SC, num duelo agendado para as 16h00 do dia 21 de março (domingo)

Ac. Viseu-Benfica B

DECLARAÇÕES

Nélson Veríssimo (treinador do Benfica B): “Estamos frustrados com o resultado. Foi uma primeira parte em que, embora não tenhamos entrado com a intensidade e o controlo de jogo que nos tem caracterizado, criámos oportunidades para chegar à vantagem antes do Ac. Viseu. Na segunda parte, tivemos um grande volume de jogo, criámos várias situações que não conseguimos finalizar. Saímos frustrados com o resultado, mas não com o que a equipa produziu, principalmente na segunda parte. É mais uma etapa de crescimento naquilo que é o processo desta equipa.”

Morato (jogador do Benfica B e autor do golo): “Criámos oportunidades, mesmo com o relvado em mau estado, mas não concretizámos. Foi um resultado injusto. Eles chegaram e marcaram. Jogar bem, ter mais posse de bola, criar mais oportunidades não serve de nada se não conseguirmos marcar. É para isso que estamos aqui: aprender e crescer com os resultados negativos.”

Ac. Viseu – Benfica B
2-1
Estádio Municipal do Fontelo
Onze do Benfica B
Fábio Duarte, João Ferreira, Tomás Araújo, Morato, Sandro Cruz (76′ Fábio Baptista), Diogo Mendes, Vukotic (86′ Luís Lopes), David Tavares, Umaro Embaló, Tiago Araújo (86′ Samuel Pedro) e Henrique Araújo
Suplentes
Leo Kokubo, Fábio Baptista (76′), Kalaica, Rafael Brito, Martim Neto, Jair Tavares, Samuel Pedro (86′), Tiago Gouveia e Luís Lopes (86′)
Ao intervalo1-0
Golos do Benfica B
 Morato (63′)
Boletim clínico
Diogo Capitão (status pós-cirúrgico ligamentoplastia do cruzado anterior do joelho esquerdo); Pedro Álvaro (lesão muscular na coxa direita); Daniel dos Anjos (miocardite aguda pós-infeção por COVID-19); Paulo Bernardo (contusão no tornozelo direito); Pedro Ganchas (lesão do complexo articular do ombro esquerdo); Godfried Frimpong (entorse no joelho direito)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.